conecte-se conosco


Mato Grosso

No primeiro trimestre, Estado apreende 85 maquinários e aplica R$ 284 milhões em multas ambientais

Publicado


Nos primeiros três meses deste ano, o Estado atendeu 1512 alertas de desmatamento, com base em imagens de satélite de alta precisão. Foram apreendidos 85 maquinários flagrados em utilização no crime ambiental e aplicados R$ 284 milhões em multas.

As operações são coordenadas pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), em parceria com as forças policiais por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP), o Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT), o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama) e Ministérios Públicos Estadual (MPMT) e Federal (MPF).

As áreas embargadas no primeiro trimestre somam 144 mil hectares. Após o embargo, o proprietário fica proibido de desenvolver qualquer atividade agropecuária sem licença ambiental até a regularização junto à Sema-MT.

O respeito às normas ambientais e a busca pela sustentabilidade são pilares importantes das políticas públicas ambientais de Mato Grosso, avalia a secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti. A forte atuação na fiscalização e na responsabilização de infratores contribui também para as metas de redução do desmatamento ilegal.

Veja Também:  Polícia Civil prende homem que invadiu ótica em Pedra Preta e desferiu golpes de faca na ex-esposa

“O desmatamento ilegal contraria todos os pilares em que se sustenta a política pública ambiental do Estado de Mato Grosso, por isso continuará sendo combatido, ao mesmo tempo que continuamos fortalecendo as estruturas de meio ambiente, para garantir que  aqueles que respeitam as normas possam produzir com sustentabilidade”, afirma.

Multas aplicadas

A maioria das multas incide sobre o Bioma Amazônia (R$ 201 milhões), em seguida o Cerrado (R$ 75 milhões) e Pantanal (R$ 8 milhões). As multas são aplicadas por desmatamento ilegal, descumprimento de embargo, instalação ou construção de empreendimento sem licença ambiental, comércio irregular de madeira, e outros crimes contra a flora. 

O cinco municípios com maiores índices de multas são: Colniza (R$ 31 milhões), Aripuanã (R$ 13,3 milhões), União do Sul (R$ 3,8), Nova Ubiratã (R$ 3,1 milhões) e Feliz Natal (R$2,5 milhões). 

Apreensões

As equipes apreenderam 46 tratores de pneu, 22 tratores esteira, 17 caminhões, 12 motosserras, 10 armas e conduziram 14 pessoas à delegacia após flagrante de crime ambiental. 

Veja Também:  Mato Grosso recebe 142 mil doses de vacina contra Influenza

A retirada do equipamento do infrator é uma etapa importante da fiscalização, porque além de impedir a continuidade dos ilícitos ambientais, permite a descapitalização do infrator de forma imediata. Para isso, o Estado conta com um contrato de uma empresa especializada na remoção de maquinários pesados, custeados com recursos do Programa REM-MT. 

Tolerância Zero contra o desmatamento ilegal

O Governo de Mato Grosso implantou a política da tolerância zero com o desmatamento ilegal, e está investindo no monitoramento e fiscalização para prevenir as ilicitudes. Ao identificar a alteração de vegetação por imagens de satélite precisas, o Estado avisa por e-mail ao produtor sobre o alerta, e providencia a fiscalização in loco para proceder com a penalização do infrator.

Com o objetivo de reduzir o desmatamento ilegal, o Estado aplica multas, embarga áreas, e apreende equipamentos e maquinários utilizados na ação criminosa, descapitalizando os infratores para evitar a reincidência. Atualmente, em parceria com o Ministério Público do Estado (MPE), e Ministério Público Federal (MPF), quem desmata ilegalmente responde também nas esferas criminal e civil, além de processo administrativo.

Fonte: GOV MT

publicidade

Mato Grosso

Sábado (10): Mato Grosso registra 328.805 casos e 8.530 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sábado (10.04), 328.805 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 8.530 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.356 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 328.805 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 12.804 estão em isolamento domiciliar e 305.369 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 518 internações em UTIs públicas e 513 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 97,92% para UTIs adulto e em 59% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (70.086), Rondonópolis (24.674), Várzea Grande (21.290), Sinop (16.565), Sorriso (12.044), Tangará da Serra (11.179), Lucas do Rio Verde (10.796), Primavera do Leste (9.553), Cáceres (7.114) e Alta Floresta (6.392).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.  

Veja Também:  Homem é preso em flagrante por violência doméstica e posse irregular de arma de fogo

O documento ainda aponta que um total de 293.671 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.515 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (09), o Governo Federal confirmou o total de 13.373.174 casos da Covid-19 no Brasil e 348.718 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 13.279.857 casos da Covid-19 no Brasil e 345.025 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (10).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Veja Também:  Polícia Civil prende homem que invadiu ótica em Pedra Preta e desferiu golpes de faca na ex-esposa

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Tradicional Festival de Música de Barra do Bugres será digital

Publicado


A 5ª Edição do Festival de Música de Barra do Bugres (FEMUBB) será realizada no formato digital, entre os dias 16 e 18 de abril de 2021. O festival tem o objetivo de promover intercâmbio cultural, e criar um ambiente favorável e de oportunidade aos artistas locais, regionais e nacionais, de mostrarem e desenvolverem o seu talento.

A organização do evento recebeu, no período de 19 de fevereiro à 10 de março, mais de 60 inscrições de candidatos de Mato Grosso e de outros Estados da Federação. Do total, 48 inscrições atendiam ao regulamento do festival e foram selecionadas nas categorias Adulto Sertanejo (18), Adulto MPB e Gospel (16) e Infanto-Juvenil Livre (14).

As eliminatórias serão nos dias 16 e 17 de abril, e a final no domingo (18.04). O evento será transmitido via Youtube, no Canal do FEMUBB, das 16h às 20h. Os primeiros cinco colocados de cada categoria, garantem o troféu e premiações em dinheiro.

O evento é uma iniciativa da produtora cultural Dalva Lucia Brito do Nascimento, mais conhecida como Papy Nascimento. “Acredito que o festival será uma grande oportunidade para os artistas que estão com dificuldades financeiras devido à pandemia da covid-19”, destaca.

Veja Também:  Sábado (10): Mato Grosso registra 328.805 casos e 8.530 óbitos por Covid-19

O Festival de Música – FEMUBB foi contemplado no Edital Circuito Mostras e Festivais, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT). Desde a primeira edição, o FEMMUB é realizado na semana do aniversário de emancipação de Barra do Bugres, que completará 77 anos no dia 19 de abril.

Serviço

5º Festival de Música de Barra do Bugres – FEMUBB

De 16 a 18 de abril de 2021, das 16h às 20h

Local: Canal FEMUBB, no Youtube

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Homem é preso em flagrante por violência doméstica e posse irregular de arma de fogo

Publicado


Um homem de 44 anos foi preso em flagrante pela Polícia Civil de Campo Novo dos Parecis, na região noroeste do estado, por crimes enquadrados na Lei Maria da Penha e também por posse irregular e porte ilegal de arma de fogo.

Na manhã de quinta-feira (08.04), a vítima de 36 anos procurou a Delegacia da Polícia Civil e e informou que foi agredida pelo companheiro, em seu local de trabalho. Durante a discussão, que culminou em lesões corporais, o suspeito quebrou o celular da vítima inutilizando totalmente o aparelho.

Em consultas aos sistemas policiais, a equipe da delegacia constatou que já havia outro registro da vítima contra o suspeito, por agressão praticada anteriormente. Na ocasião, a mulher solicitou medida protetiva de urgência, conforme consta no processo.

Os policiais também apuraram que havia um mandado de busca e apreensão contra o empresário relativo a outro processo em tramitação na Justiça.

Com as informações apuradas, a equipe de investigação realizou diligências e localizou o suspeito em seu estabelecimento comercial e cumpriu o mandado judicial apreendendo munições calibres 357, que estavam no veículo dele, e 11 munições calibre 9mm, localizadas no interior da empresa.

Veja Também:  Homem é preso em flagrante por violência doméstica e posse irregular de arma de fogo

Questionado sobre a arma calibre 357, o suspeito informou que estava em outro local. A equipe seguiu com ele até a casa informada, onde o suspeito entregou o revólver aos policiais.

Os policiais localizaram um boletim de ocorrência registrado em 23 de novembro do ano passado, em que o empresário comunicou que o revólver teria sido furtado, o que configurou falsa comunicação de crime, pelo qual ele também foi autuado.

Diante dos crimes constatados, o delegado Honório Goncalves Neto autuou em flagrante o suspeito por posse irregular de arma de fogo de uso permitido, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, lesão corporal, dano qualificado e falsa comunicação de crime.

O delegado explicou que, apesar do suspeito possuir registro da arma apreendida, o revólver foi encontrado em local diverso da residência ou empresa dele, o que configura posse irregular, além das munições de calibre 9mm mantidas em sua posse, mesmo tendo informado que vendeu a arma de tal calibre.

Após o auto de prisão, ele foi encaminhado para a unidade prisional do município, onde aguardará audiência de custódia do Poder Judiciário.

Veja Também:  Mato Grosso recebe 142 mil doses de vacina contra Influenza
Fonte: GOV MT

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana