conecte-se conosco


Policial

Operação limpa pichações relacionadas a facção criminosa em Primavera do Leste

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

As forças de segurança de Primavera do Leste (231 km ao sul de Cuiabá) deflagraram uma operação para apagar escritas de apologia ao crime organizado em muros e residências e outros pontos do município. A ação realizada, nesta sexta-feira (14), contou com a participação das equipes da Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal (PRF) e apoio do Grupo de Comando de Ação Rápida (CAR).

A operação integrada denominada “Riscando do Mapa” foi realizada em parceria com Poder Público Municipal e Ministério Público percorrendo pontos mapeados pela Inteligência e Agência Regional do Comando Regional que verificaram os locais em que estavam as escritas.

Segundo a delegada da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Primavera do Leste, Anamaria Machado. a operação tem o objetivo de mostrar à sociedade que as forças de segurança estão atuando no combate a possíveis facções e organizações criminosas e que os trabalhos de combate à criminalidade na cidade trazem a sensação de tranquilidade à população.

“A operação vem para demonstrar que a segurança pública está combatendo qualquer tipo de atuação de facções criminosas, através de investigações, ações ostensivas. A ação de hoje tem o objetivo de reprimir a divulgação desses grupos criminosos em trabalho realizado junto a Prefeitura, Ministério Público e Poder Judiciário, demonstrando à sociedade o trabalho das forças de segurança no combate ao crime organizado”, disse a delegada.

Veja Também:  GAp prende homem com arma de fogo e descobre dois mandados de prisão em aberto

De acordo com o tenente-coronel Cleiton, comandante do 14º Batalhão da PM., a operação reafirma a atuação das forças de segurança no combate a atuação das associações criminosas. “O estado está reafirmando a sua soberania dentro do município de Primavera do Leste, assim como nos demais municípios subordinados ao 11º Comando Regional, ao 14º Batalhão da Polícia Militar, onde temos as cidades de Poxoréu a Gaúcha do Norte, esse trabalho”, disse o comandante.

 

 

Fonte: PJC MT

publicidade

Policial

PM prende quatro por tráfico e apreende armas, droga e dinheiro em Nova Olímpia

Publicado


.

Em duas ações distintas de repressão ao tráfico de droga realizada neste sábado (26.09), policiais da 1ª Companhia de Polícia Militar de Nova Olímpia (207 km de Cuiabá) prenderam quatro suspeitos, entre eles uma mulher, apreenderam armas, droga, dinheiro e outros produtos de preparo, embalagem de entorpecente.

Na primeira ação, em uma área de prostituição da cidade, foram presos dois homens, de 18 e 44 anos, e apreendidas 19 porções de cocaína e R$ 800 em dinheiro. Eles estavam em um veículo Celta, de cor vermelha, e estariam entregando droga.

Na continuação dessa ocorrência, com diligências em Barra do Bugres e apoio do Comando de Ação Rápida(CAR) da 12ª Companhia de PM, ocorreu a prisão de uma suspeita, que seria a ex-mulher do condutor do Celta, o homem de 44 anos. Na casa dela foram apreendidas três armas, sendo uma pistola calibre 22 e duas espingardas 22 e 32, além de 17 munições, duas delas deflagradas, e um caderno com anotações da movimentação do tráfico.

Veja Também:  Homem é preso por ameaça, cárcere e estupro contra companheira que se relacionava há três meses

Horas depois, na segunda ocorrência, no Jardim São João, em Nova Olímpia, os policiais prenderam um rapaz de 18 anos. Com ele apreenderam duas porções e um pedaço de droga o qual poderia ser transformado em pelo menos 30 papelotes.

Conforme narrativa dos policiais, esse suspeito confessou que estava traficando e que havia acabado de entregar o dinheiro da venda do dia ao fornecedor da droga.

Todos os suspeitos e materiais apreendidos foram levados para a Delegacia de Polícia de Nova Olímpia, incluindo o veículo usado pelos dois primeiros presos.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Continue lendo

Policial

GAp prende homem com arma de fogo e descobre dois mandados de prisão em aberto

Publicado


.

Em Peixoto de Azevedo (691 km de Cuiabá), policiais do Grupo de Apoio (GAp) do 22º Batalhão de Polícia Militar prenderam um homem de 46 anos por porte ilegal de arma. Ele levava na cintura um revólver calibre 38 com seis munições intactas.

A abordagem dele, ocorrida no estacionamento de um posto de combustíveis da principal avenida da cidade, a Lions Internacional, levou a descoberta de dois mandados de prisão em aberto. Ou seja, esse suspeito estava sendo procurado pela Justiça e tinha duas prisões decretadas conta ele.

Os dois mandados foram confirmados por meio do Banco Nacional de Mandados de Prisão(BNMP), órgão do Conselho Nacional de Justiça(CNJ), todavia os policiais não descobriram quais os crimes que levaram aos decretos de prisão. Em Peixoto de Azevedo, conforme narrativa da equipe do GAp, esse suspeito tem diversas passagens criminais.

O preso e a arma que portava foram entregues no plantão da Delegacia da Polícia Judiciária para demais providências, entre as quais a atuação em flagrante por ilegal de arma de fogo.

Veja Também:  PM prende foragido da Justiça depois de agredir a mãe em Rondonópolis

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Continue lendo

Policial

PM prende foragido da Justiça depois de agredir a mãe em Rondonópolis

Publicado


.

Em Rondonópolis (212 km de Cuiabá), uma denúncia anônima levou à prisão de um foragido da justiça no momento em que o suspeito, de 28 anos, agredia a própria mãe. Policiais do 5º Batalhão da Polícia Militar chegaram ao local e flagraram o agressor no meio da rua arrastando a mãe pelos cabelos.

Isso ocorreu na tarde de sábado (26.09), em uma rua do bairro Cidade Salmem. Os dois, mãe (58 anos) e filho, estariam aparentemente embriagados e mesmo com a chegada da equipe da PM continuaram brigando e somente não entraram em vias de fatos porque o policiais impediram.

Dentro da residência os policiais encontraram móveis e utensílios domésticos danificados, supostamente pelo filho da vítima. Lá também havia uma criança, uma idosa acamada e uma outra mulher que supostamente sofre transtornos psicológicos. Os policiais acionaram os Conselhos Tutelar e do Idoso para que a criança e a idosa possam recebem assistência.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Veja Também:  Militares prendem dois e descobrem central do tráfico com lista de nomes e telefones de clientes
Fonte: PM MT

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana