conecte-se conosco


Policia Federal

Operação Reencarnação investiga esquema criminoso envolvendo frigorífico em RO

Publicado


.

Ji-Paraná/RO – A Polícia Federal deflagrou, nesta segunda-feira (29/6), a Operação Reencarnação, que investiga o crime de sonegação de impostos federais praticado por empresas do ramo frigorífico, em Rondônia. Policiais federais deram cumprimento a quatro mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal em Ji-Paraná/RO, os quais estão sendo cumpridos nas cidades de Ji-Paraná/RO e Rondonópolis/MT.

 

A investigação iniciou-se a partir do compartilhamento de procedimento fiscal pela Receita Federal do Brasil, no qual foi informada a existência de sonegação fiscal praticada por frigorífico na cidade de Ji-Paraná/RO, à época na ordem de R$ 20 milhões, através de meios fraudulentos. Já em fase de inquérito policial, identificou-se o uso de “laranjas” na estrutura formal das empresas, assim como os reais proprietários e beneficiários do esquema criminoso.

O grupo investigado utilizava pessoas, sem quaisquer bens para arcar com as quantias sonegadas. Os reais proprietários do frigorífico encerravam apenas formalmente as atividades da empresa, com o fim de eximir-se das dívidas tributárias, trabalhistas e com fornecedores. No entanto, continuavam com a mesma estrutura e atividade comercial utilizando-se de nova empresa em nome de “laranjas”. Segundo informado pela Fazenda Nacional o grupo investigado já possui dívida inscrita, somente em tributos federais, de quantia superior a R$ 50 milhões.

Veja Também:  Polícia Federal apura crimes contra o sistema previdenciário nacional nos estados do Piauí e Maranhão.

 

A ação da Polícia Federal visa não apenas apurar a participação dos investigados no esquema criminoso de sonegação, mas também identificar os bens auferidos de forma ilegal, auxiliando na recuperação dos valores sonegados à União. 

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Rondônia/RO

Contato (69) 3216-6242

 

 

*** O nome da operação “Reencarnação” remete tanto ao objeto de atividades das empresas – carne bovina – quanto à criação de nova empresa sem dívidas para atuação no lugar de empresas desativadas com enormes débitos tributários, em sucessão física direta.

 

publicidade

Policia Federal

PF apreende cocaína em fundo falso de mala

Publicado


.

Guarulhos/SP – A Policia Federal apreendeu, no Aeroporto Internacional de São Paulo, mais de dois quilos de cocaína ocultos em fundo falso de mala.

Policiais federais foram acionados, na tarde do sábado (19/9), por funcionários que operam o aparelho de raio-x, após a identificação de substância suspeita dentro de uma mala. O proprietário foi identificado. Nacional da Espanha, de 51 anos, ele pretendia embarcar com destino final a Orly/França.

O homem foi conduzido à sede policial para que, na presença de testemunhas, seus pertences fossem periciados. Na mala do suspeito foi localizado um fundo falso contendo mais de dois quilos de cocaína. Ele foi preso em flagrante.

O preso será conduzido ao presídio estadual, onde permanecerá à disposição da Justiça.

 

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos

Contato: (11) 2445-2212

Veja Também:  Polícia Federal deflagra Operação Minamata para combater garimpo ilegal no Amazonas
Continue lendo

Policia Federal

PF combate crime praticado pela internet

Publicado


.

Montes Claros/MG – A Polícia Federal atuou nesta segunda-feira (21/9) para combater crime praticado pela internet. As investigações, que tiveram início em novembro de 2019, identificaram que uma pessoa usava perfil falso em uma página de comércio eletrônico para anunciar a venda de senha para acesso ao banco de dados de cidadãos no CADSUS do Ministério da Saúde.

O CADSUS é a base de cadastramento de usuários do Sistema Único de Saúde, gerido pelo Departamento de Informática do SUS (DATASUS), cujo acesso é feito por servidores do órgão público federal específico e, por convênio, é disponibilizado para outros órgãos federais, para Estados e Municípios.

O cancelamento do anúncio ocorreu por iniciativa da empresa de comércio eletrônico, que colaborou amplamente com as investigações.

O acesso a dados cadastrais de cidadãos é muito procurado por estelionatários e serve de material para a aplicação de golpes variados – principalmente em fraudes a benefícios sociais – contra pessoas, empresas e o Poder Público.

A Polícia Federal representou por um mandado de busca e apreensão, expedido pela 35ª Vara Federal de Belo Horizonte/MG. Durante o cumprimento do mandado na residência do investigado, a PF apreendeu equipamentos eletrônicos. As investigações seguem para apurar a participação de outras pessoas no crime.

Veja Também:  PF, ação conjunta, apreende veículos carregados com cigarros paraguaios

Por se tratar de crime praticado via internet, em que a confirmação da autoria depende de trabalhos periciais e análise detida das apreensões, foi determinada pela Justiça a necessária discrição no cumprimento da ordem e o sigilo de informações sobre o investigado e o local de cumprimento do mandado.

O homem responderá pelo crime de divulgação de segredo e poderá cumprir até 4 anos de prisão, se condenado.

Seguindo todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde em face da pandemia do Covid-19, a Polícia Federal continua trabalhando.

 

Comunicação Social de Polícia Federal em Montes Claros/MG

[email protected] | www.pf.gov.br

(38) 2103-3200

Continue lendo

Policia Federal

PF, ação conjunta, apreende veículos carregados com cigarros paraguaios

Publicado


.

Guaíra/PR – Nesta segunda-feira, 21/9, durante patrulhamento de rotina na zona rural de Guaíra, equipe composta pela PF, BPFRON e COE/BOPE da PMPR visualizaram movimentação suspeita em estrada de terra da região e resolveram realizar acompanhamento para melhor fiscalização.

Na tentativa de abordagem, ao acionamento dos sinais luminosos e sonoros das viaturas, o comboio de veículos iniciou tentativa de evasão pela estrada rural. Os suspeitos abandonaram três veículos e fugiram pela plantação de milho.

No local foram apreendidos três veículos carregados com aproximadamente 130 caixas de cigarros paraguaios, eletrônicos e armas de airsoft.

Fazem parte do Programa V.I.G.I.A. e desta operação interagências equipes da POLÍCIA FEDERAL, COBRA/BPFRON e COE/BOPE da PMPR, TIGRE/PCPR, BOPE/PMMS, FORÇA NACIONAL e pelo EXÉRCITO BRASILEIRO, com apoio da SEOPI – Secretaria de Operações Integradas/MJSP.

Os materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal de Guaíra para os procedimentos de praxe.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Guaíra

Disque denúncia: (44) 3642-9131

Veja Também:  PF combate facilitação na regularização fundiária no Amapá

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana