conecte-se conosco


Policial

Órgãos estaduais deflagram operação de enfrentamento aos crimes ambientais

Publicado

Hérica Teixeira | Sesp-MT

Mato Grosso registrou, de janeiro a 15 de agosto deste ano, 12.990 focos de calor. O número alcançado coloca o estado como o que mais teve queimadas entre as unidades da Amazônia Legal. Os dados são do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O estado do Pará ocupa o segundo lugar no ranking, com 7.737 focos e o Amazonas fica em terceiro com 6.315 registros.

Somente no período de 15 de julho a 15 de agosto, primeiro mês do período proibitivo de queimadas, Mato Grosso registrou 5.540 focos de calor. Em números absolutos, MT ficou em terceiro lugar. O topo do ranking foi ocupado pelo o Pará, com 6.664 focos seguido o estado do Amazonas, com 5.918.

Diante dos números, as Secretarias de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) e de Meio Ambiente (Sema-MT) deflagraram a operação “Abafa Amazônia” na Região Norte mato-grossense. A ação será realizada com o emprego das forças de segurança: – Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Politec e demais órgãos, a exemplo da Defesa Civil e o Comitê Estadual de Gestão do Fogo.

Nesta primeira etapa serão contemplados os municípios de Vera, Feliz Natal e Cláudia. A operação tem o objetivo de combater os crimes por desmatamento e degradação florestal, queimadas irregulares e incêndios florestais. As ações repressivas seguem até o dia 28 de agosto. Outras edições serão deflagradas e contemplarão outras regiões.

Veja Também:  Polícia Civil leva orientações sobre drogas a funcionários de empresa de segurança

Durante a solenidade de lançamento da operação, na tarde desta segunda-feira (19.08), no hangar do Ciopaer em Sorriso (a 420 km ao Norte de Cuiabá), o secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, coronel PM Victor Fortes, ressaltou que a Secretaria tem empenhado esforços na intensificação da fiscalização aos crimes ambientais.

“Nosso objetivo durante o período proibitivo de queimadas é intensificar a fiscalização e o combate as queimadas ilegais. Temos feito o acompanhamento dos focos de calor no estado e resolvemos começar as ações pela Região Norte. A ideia é sempre ter um monitoramento contínuo”, avaliou.

O período proibitivo de queimadas em Mato Grosso começou em 15 de julho e segue até o dia 15 de setembro. Neste período, fica proibido o uso de fogo em áreas rurais para limpeza e manejo, levando em consideração o risco de incêndios florestais de grandes proporções. A normativa se fundamenta na Lei Complementar nº 233, de 21 de dezembro de 2005. No perímetro urbano, as queimadas são proibidas durante todo o ano.

“Já passamos pela fase de prevenção e iniciamos a fase de responsabilização. Com isso, o objetivo proteger aqueles que fizeram o dever de casa para evitar os danos ambientais, materiais e humanos e os consequentes prejuízos econômicos e sociais e responsabilizar os que infringem as leis”, afirmou o comandante da operação, tenente-coronel BM Dércio Santos da Silva.

Veja Também:  Mulher é presa em flagrante em ponto de droga no centro de Cuiabá

A operação “Abafa Amazônia” está na 5ª edição. A primeira foi realizada em Sinop no ano de 2016. Outras duas edições foram realizadas em 2017 e uma em 2018. Nas primeiras quatro foi aplicado o montante de R$ 600 milhões em multas.

Ciman

No mês de julho, foi instalado na Sesp o Comitê Temporário Integrado Multiagências de Coordenação Operacional (Ciman), unidade que vai coordenar as ações de prevenção e repressão a incêndios em todo o Estado. A criação do Comitê foi publicada no Diário Oficial do Estado do dia 12 de julho pelo Decreto nº 174.

Denúncias e atendimentos

As ocorrências de incêndios florestais devem ser avisadas pelo número 193 do Corpo de Bombeiros. Já em caso de denúncias de queimadas nas áreas rurais, o cidadão deve entrar em contato pelo 0800 647 7363.

Queimadas urbanas devem ser denunciadas na prefeitura do município de ocorrência, nas secretarias municipais de meio ambiente ou defesa civil municipal.

Fonte: PJC MT
publicidade

Policial

Rondonópolis l Homem é morto em assalto à padaria no bairro Antônio Geraldine

Publicado

Um homem identificado como Fábio José, 38 anos foi morto por na note deste domingo (23), após um assalto numa padaria no residencial Antônio Geraldine, segundo informações colhidas no local após cometer o assalto o bandido tentou fugir numa moto fan 160 cor preta, porém um dos clientes tentou dar um soco do bandido, onde o mesmo efetuou três disparos que acertaram a vítima, o mesmo não resistiu e morreu no local, o bandido,  fugiu a pé deixando a moto caída no local.

Informações dão conta de que em diligencia na região, a polícia conseguiu capturar o suspeito.

Reportagem e vídeo por: Víctor Santos

TV Rondon/SBT

Latrocínio – Homem é baleado após assalto em padaria no Mathias Neves. Óbito da vítima é confirmado.

Posted by SBT- Rondonópolis on Sunday, February 23, 2020

Veja Também:  Rondonópolis l Namorado agride mulher por tentar ver senha de celular
Continue lendo

Política MT

Rondonópolis l Jardineiro que virou biólogo poderá comandar Rondonópolis

Publicado

A política Rondonopolitana poderá está se desenhando de modo a ser um marco na história do município a partir de 04 de outubro próximo, o fato novo tem nome e sobre nome, Claudio Ferreira, o novo. Com perfil de direita e numa onda que ainda embala o coração e sentimento de muitos Brasileiros, o desconhecido jardineiro, como alguns costumam fazer referências parece sentir esse clima e vem acreditando em seu projeto a ponto de suavemente avançar numa frente de coalizão a qual poderá deixar sua campanha ainda mais robusta e sólida.

Prova disto é um café da manhã que aconteceu neste sábado (22) que dão sinais de que um grupo forte com potencial de chegada poderá se formar a partir de então.

A reunião aconteceu com as presenças do Deputado estadual Claudinei Lopes, juntamente com Claudio Ferreira o pré-candidato do DC a prefeitura, o advogado Edir Junior e empresários do setor de transporte e do agro, entre eles Marco Túlio Duarte do grupo Celeiro e Adelino Bissoni do grupo Botuverá.

O tema principal foi às articulações e composições para a majoritária que disputará a prefeitura de Rondonópolis. Ao que parece uma parte do setor empresarial e outra do agronegócio, procura estreitar relacionamento com o pré-candidato do DC, com a possibilidade de indicar um nome para compor a chapa majoritária.

Veja Também:  Rondonópolis l Bandido empreende fuga após assalto e morre após capotar veículo.

Nunca é de mais lembrar que, esses empresários citados carregam consigo grande respeitabilidade por parte de seus colaboradores e familiares. A história mais recente mostra que Rondonópolis não tem pendido a setores da esquerda, prova disso foi o último pleito onde, a maioria dos eleitores votaram em um candidato de direita, inclusive muitos beneficiários de programas sociais considerados como bandeira da esquerda.  Nesta tangente podemos ver sinais de que o Jardineiro paisagista que até então era considerado desconhecido por muitos, possa ser o fator surpresa no pleito que se avizinha.

Se de um lado temos o prefeito Zé Carlos do Pátio (SD) que irá pra reeleição e que vem sendo muito mal avaliado em todas as pesquisas recentes, paralelo a isso, temos um outro que poderá vir na disputa com também viés de esquerda, Thiago Silva (MDB), considerado político jovem e dinâmico, porém carrega consigo a desconfiança dos Rondonopolitanos que o elegeram recentemente para o legislativo estadual e portanto estaria traindo seus eleitores. Nesta mesma toada, o eleitor que clama por renovação pode está ligando este à seu padrinho político, o velho cacique Bezerra, portanto, mais uma vez Cláudio Ferreira estará na onda do novo o eleitor buscará para o próximo pleito. Dado como certa já a aliança entre DC e PSL, vale lembrar que o Deputado Claudinei Lopes (PSL) cravou a marca dos 17 mil votos aqui em Rondonópolis, e será um forte cabo eleitoral, podendo-se somar ao grupo, um outro ilustre personagem Rondonopolitano, o atual Deputado Federal José Antônio Medeiros (PODE), aliado do presidente Bolsonaro e pré-candidato ao senado federal na eleição suplementar de 26 de outubro próximo.

Veja Também:  Delegados da Polícia Civil recebem títulos de Cidadão Mato-grosssense

E se pegar, não tenha dúvidas o eleitor, uma enxurrada de outras siglas poderão se integrar a esse grupo.

Por enquanto, resta-nos aguardar os próximos desfechos.

DA REDAÇÃO.

Continue lendo

Policial

Rondonópolis l Bandido empreende fuga após assalto e morre após capotar veículo.

Publicado

No início da manhã deste domingo (23), bandidos, que havia invadido uma residência furtado um veículo e vários pertences da família empreenderam fuga e acabaram capotando o carro ao serem perseguidos pela Polícia Militar na Avenida dos Estudantes, em Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), Um dos bandidos não resistiu aos ferimentos e morreu, outro comparsa ficou gravemente ferido após o acidente.

De acordo com o comando da Polícia Militar da cidade, os bandidos invadiram uma casa, furtaram diversos objetos de valor e colocaram dentro do carro das vítimas.

Eles fugiam pela MT-270 quando foram surpreendidos por uma barreira da Polícia Militar, que aumentou o efetivo na rua por conta da Operação Carnaval.

Ainda segundo a PM, os bandidos foram descobertos antes mesmo das vítimas registrarem o assalto.

Os criminosos furaram a barreira, porém, o motorista perdeu o controle da direção e capotou o veículo.

Os bandidos que foram arremessados pra fora durante o capotamento, foram socorridos e encaminhados para o Hospital Regional, mas um deles chegou à unidade de saúde já morto. O comparsa está internado em estado grave.

Veja Também:  Polícia Civil cumpre mandados em acampamento para esclarecer homicídio de líder rural

A Polícia Civil esteve no local, juntamente com a Perícia Oficial de Identificação Técnica (POLITEC), onde deram início aos trabalhos de investigação no caso.

DA REDAÇÃO

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana