conecte-se conosco


Policia Federal

PF deflagra Operação Argos para investigar desvios de dinheiro público em contratos de cerca de R$ 10 milhões em Pacaraima/RR

Publicado


Boa Vista/RR – A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje, 23/2, a Operação Argos*, com o objetivo de investigar fraudes e desvios envolvendo contratações de aproximadamente 10 milhões de reais da prefeitura de Pacaraima/RR, inclusive de recursos destinados ao enfrentamento da COVID.

 

Mais de 100 Policiais Federais cumprem 20 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, após representação da Autoridade Policial e manifestação favorável da Procuradoria Regional da República da 1ª Região. Os mandados são cumpridos em Pacaraima e Boa Vista, em Roraima.

 

As investigações apontam para irregularidades em mais de 20 licitações do município nos anos de 2019 e 2020, bem como indícios de superfaturamentos e a utilização de máquinas e servidores da prefeitura por empresa para prestação de serviços para o qual teria sido contratada.

 

Dentre os prováveis desvios, o inquérito policial indica que recursos destinados ao custeio de ações e serviços decorrentes do Corona vírus teriam sido desviados para pagamentos a uma rede de postos de combustíveis de Boa Vista. O posto também teria recebido verbas federais destinadas à educação (FUNDEB) e de ações sociais voltadas ao desenvolvimento de crianças (Criança Feliz).

Veja Também:  Polícia Federal prende mulher com notas falsas

 

Ainda conforme o inquérito, o esquema seria articulado pelo próprio prefeito de Pacaraima, o qual interviria diretamente nas compras, inclusive substituindo funções de outros servidores dentro dos processos licitatórios.

 

As investigações contaram com o apoio do Ministério Público Estadual de Roraima.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Roraima

Contato: (95) 3621-1522
E-mail: [email protected]

 

 

*O nome da operação faz referência ao gigante da mitologia grega que tudo via.

publicidade

Policia Federal

PF resgata brasileiras vítimas de tráfico humano na Bolívia

Publicado


Brasília/DF – A Polícia Federal, com base em investigações realizadas em Epitaciolândia/AC, logrou localizar e resgatar vítimas do tráfico internacional humano que haviam sido levadas à Bolívia, para fins de exploração sexual.

Em 24/2/2021, na cidade de La Paz, após diversas diligências realizadas, a Força Especial de Luta Contra o Crime da Polícia Boliviana (FELCC) encontrou duas brasileiras, menores de idade, que estavam sendo procuradas por seus familiares desde novembro de 2020.

As vítimas foram alvos de aliciadores que sustentam uma rede de prostituição na Bolívia e atuam na busca de mulheres (maiores e menores) em situação de vulnerabilidade, principalmente de cidades fronteiriças, para trabalharem em boates da capital do país.

Com base nas informações colhidas até o momento pela PF, que motivou um pedido de Cooperação Jurídica Internacional, a Polícia Boliviana também iniciou apuração, com a finalidade de complementar a investigação brasileira e unir esforços para desbaratar a associação criminosa, que conta de a participação de brasileiros e bolivianos.

A Polícia Federal, contando com o apoio da Embaixada do Brasil na Bolívia, da Organização Internacional para as Migrações – OIM/ONU e de autoridades bolivianas, além do apoio material, humanitário e legal, vem tratando do retorno com segurança, ao País, das brasileiras libertadas.

Veja Também:  Polícia Federal apreende caminhão com grande carga de crack

Divisão de Comunicação Social da Polícia Federal

Contato: 61 2024-8142

[email protected]

Continue lendo

Policia Federal

Polícia Federal já prendeu doze procurados internacionais em 2021

Publicado


Brasília/DF – A Polícia Federal, somente neste início de ano, já localizou e prendeu 12 procurados internacionais, por meio de sua estrutura de cooperação internacional.

Somente nesta semana, foram localizados e presos quatro deles; três no Estado de São Paulo e um no Rio Grande do Norte, todos procurados internacionalmente por tráfico de drogas.

Na segunda-feira (22), foi efetuada em Itaquaquecetuba/SP, por equipe da Interpol no Brasil, a prisão de nacional português condenado e procurado em Portugal, desde 2015, por tráfico de haxixe.

Na terça-feira (23), em Araçariguama/SP, foi preso nacional italiano condenado e procurado na Itália, desde 2018, por tráfico internacional de cocaína e haxixe realizado entre a Espanha e Itália.

Na quarta-feira (24), em Natal/RN, foi identificado e preso nacional britânico, procurado desde 2016 na Espanha, por tráfico de maconha, transportada entre a Espanha e o Reino Unido em veículos roubados.

Finalmente, na data de hoje (26), foi efetuada, em São Paulo/SP, a prisão de nacional sul-africana procurada no Uruguai, desde 2018, por tráfico de cocaína por via postal.

Veja Também:  Polícia Federal reprime invasão de terras no Amapá

Todas as prisões ocorreram em cumprimento a mandados de prisão expedidos pelo Supremo Tribunal Federal. Os presos agora permanecerão à disposição do STF, responsável por decidir sobre suas extradições aos respectivos países onde são procurados.

No Brasil, a Interpol é representada pela Polícia Federal.

Comunicação Social da PF

Continue lendo

Policia Federal

PF e BPFRON apreende carregamento de cigarros paraguaios.

Publicado


Pato Bragado/PR – Na madrugada desta sexta-feira, dia 26/02, durante patrulhamento fluvial de rotina, equipe policial observou movimentação suspeita em porto clandestino da região e iniciou aproximação para possível abordagem de fiscalização.

Ao perceberem a iminente abordagem policial, os criminosos iniciaram procedimento de fuga em meio à mata ciliar fechada, não sendo localizados, porém a ação integrada entre PF e COBRA/BPFRON resultou na apreensão de carregamento aproximado de *60.000 maços de cigarros paraguaios.

Os materiais apreendidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal em Guaíra/PR, para as diligências de praxe.

Fazem parte do Programa V.I.G.I.A. e desta operação interagências equipes da POLÍCIA FEDERAL, BPFRON e BOPE da PMPR; TIGRE e GOA da PCPR; BOPE/PMMS, RECEITA FEDERAL, FNSP e pelo EXÉRCITO BRASILEIRO, com apoio da SEOPI – Secretaria de Operações Integradas/MJSP.

Comunicação Social da Polícia Federal em Guaíra/PR

Disque denúncia: (44) 3642-9131

BPFRON/PMPR

Disque denúncia: (41) 9106-6815

Veja Também:  PF e BPFRON apreende carregamento de cigarros paraguaios.
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana