conecte-se conosco


Política Nacional

Planalto contraria rumores de exoneração e inclui Santos Cruz em viagem aos EUA

Publicado


 Santos Cruz
Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Site “Antagonista” afirmou que o ministro estava na mira do presidente e que ele poderia ser exonerado esta semana

O Palácio do Planalto confirmou nesta terça-feira (14) que o ministro da Secretaria de Governo, general Santos Cruz, acompanhará o presidente da República na viagem a Dallas, nos Estados Unidos. Na segunda-feira (13), o site “Antagonista” afirmou que o ministro estava na mira do presidente e que Santos Cruz poderia ser exonerado esta semana.

Segunda a publicação, Bolsonaro teria recebido informações de que o ministro se referiu ao presidente de forma desrespeitosa. Os rumores, no entanto, foram rechaçados pelo porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros.

Leia também: Onyx diz haver ‘risco zero’ de reestruturação do governo perder validade

Em nota enviada na noite de segunda-feira, o porta-voz informou “não serem verdadeiras as especulações sobre a exoneração do ministro Santos Cruz ”.

Além do ministro da Secretaria de Governo, fará parte da comitiva presidência para a viagem a Dallas os ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Paulo Guedes (Economia), Bento Albuquerque (Minas Energia) e Augusto Heleno (Chefe do Gabinete de Segurança Institucional).

Veja Também:  "Cientistas pedem desculpas por erro", diz matéria compartilhada por Bolsonaro

Leia também: “São bombas nucleares que garantem a paz”, afirma Eduardo Bolsonaro

A lista oficial é completada pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), o governador do Acre, Gladson Cameli (PP), os deputados Hélio Lopes (PSL-RJ) e Pastor Marco Feliciano (PODE-SP), o Secretário Executivo da Casa Civil, José Vicente Santini e o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.

Fonte: IG Política
publicidade

Política Nacional

“Cientistas pedem desculpas por erro”, diz matéria compartilhada por Bolsonaro

Publicado


source
foto jornal
Reprodução/Twitter

Imagem compartilhada pelo presidente no Twitter

O presidente Jair Bolsonaro compartilhou na tarde deste sábado (6) uma publicação sobre a decisão do  periódico científico Lancet de retirar um artigo sobre a eficácia da hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19. A publicação ocorreu depois do presidente confirmar mudanças na divulgação dos números de óbitos e casos da Covid-19 no Brasil

Leia mais:
Conselho de Secretários de Saúde critica empresário cotado para o governo
Sem máscara, Bolsonaro chega ao Comando de Artilharia do Exército
Bolsonaro vai sem máscara inaugurar hospital e leva tombo; assista

 “Cientistas pedem desculpas por erro” diz o título da matéria do jornal Tribuna, do Espírito Santo. Veja:


Com cerca de 4 mil retuítes por volta de 18h, a publicação de Jair Bolsonaro dividiu os internautas. Os apoiadores concordavam com o presidente. Um perfil atacava os cientistas e a imprensa.

Veja Também:  "Cientistas pedem desculpas por erro", diz matéria compartilhada por Bolsonaro


Já outros perfis questionavam a intenção do presidente ao compartilhar a imagem sem comentários




Continue lendo

Política Nacional

STF condena Paulinho da Força a dez anos de prisão

Publicado


source
Paulinho da Força
Reprodução Twitter

Paulinho da Força é condenado a dez anos de prisão por esquema envolvendo o BNDES

O Supremo Tribunal Federal condenou o deputado federal e presidente nacional do Solidariedade, Paulinho da Força, a dez anos de prisão. A decisão foi pelos crimes de associação criminosa e lavagem de dinheiro. A decisão ainda cabe recurso.

Leia também


O deputado é acusado de desvio de dinheiro do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Social e Econômico). Ele teria atuado favorecendo empresas.

Paulinho é presidente nacional do partido Solidariedade, um dos partidos do centrão, bloco de centro direita aliado à Bolsonaro.

O advogado de Paulinho da Força já se manifestou e disse que não houve crime, já que a execução dos projetos ao BNDES foi lícita.

A defesa ainda afirmou que reuniu prova testemunhal e documental de que o deputado foi vítima do crime de tráfico de influência, pois seu nome foi indevidamente utilizado por terceiros para a execução dos crimes.

Veja Também:  Hasselmann vai ser denunciada à PGR por possível criação de CPFs

Continue lendo

Política Nacional

Sem máscara, Bolsonaro chega ao Comando de Artilharia do Exército

Publicado


source
bolsonaro e policial
Reprodução/Facebook

Jair Bolsonaro com policial na base da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Formosa, Goiás

Neste sábado (6), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) visitou o Comando de Artilharia do Exército , em Formosa, Goiás. Ele chegou ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) próximo à base por volta das 9h30 e fez uma transmissão ao vivo no Facebook, onde aparece sem máscara ao lado de policiais. 

Bolsonaro esteve ontem (5) na inauguração do primeiro hospital de campanha (Hospital de Campanha de Águas Lindas) do governo federal, quando convidou o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), para ir ao Comando de Artilharia. 

“Amanhã volto a Goiás de forma informal na região de Formosa pra dar um tiro lá; tá convidado, Caiado. Um abraço a todos. Até a próxima oportunidade”, disse o presidente. 

Veja Também:  Hasselmann vai ser denunciada à PGR por possível criação de CPFs
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana