conecte-se conosco


Rondonópolis

Por incompetência e Ingerência, Prefeitura trava liberação de alvará e revolta empresários.

Publicado

A ingerência e ineficiência do município de Rondonópolis, mas precisamente o setor de alvarás da prefeitura, tem deixado empresários de vários ramos de atuação e representantes do Conselho Regional de Contabilidade de Mato Grosso – CRC/MT revoltados com o descaso pois há cerca de 15 dias simplesmente não é possível conseguir a liberação e mesmo a renovação dos alvarás de funcionamento no Município de Rondonópolis.

O documento, responsável por permitir e legalizar a operação de uma empresa, é uma oficialização do Poder Público que aquela atividade referida pelo empreendedor tem liberação de ocorrer no endereço requisitado, o que atende a diversas exigências legais, de proteção e organização social.

Não tê-lo em mãos, simplesmente inviabiliza o negócio daqueles que empregam e fazem a diferença na economia local, além de criar outros riscos individuais e coletivos. Vários empresários ouvidos pela reportagem afirmaram estarem com o início das atividades congelado ou outros com pessoas trabalhando sem carteira assinada por este imbróglio.

Segundo o que apuramos, desde a demissão de um responsável pela emissão e renovação de alvarás, simplesmente ninguém ainda foi contratado no lugar e o serviço indispensável está pendente em detrimento dos contribuintes. Aliás, um dos erros constantes desta administração, tanto do ponto de vista interno quanto externo, é exatamente o de centralizar ações em um só “chefe” de setores fundamentais e na sua eventual falta não haver ninguém preparado para substituí-lo.

Veja Também:  Rondonópolis l Namorado agride mulher por tentar ver senha de celular

O Conselho Regional de Contabilidade aguarda o desfecho da situação e ameaça lançar nota de repúdio pela situação.

publicidade

Política MT

Rondonópolis l Jardineiro que virou biólogo poderá comandar Rondonópolis

Publicado

A política Rondonopolitana poderá está se desenhando de modo a ser um marco na história do município a partir de 04 de outubro próximo, o fato novo tem nome e sobre nome, Claudio Ferreira, o novo. Com perfil de direita e numa onda que ainda embala o coração e sentimento de muitos Brasileiros, o desconhecido jardineiro, como alguns costumam fazer referências parece sentir esse clima e vem acreditando em seu projeto a ponto de suavemente avançar numa frente de coalizão a qual poderá deixar sua campanha ainda mais robusta e sólida.

Prova disto é um café da manhã que aconteceu neste sábado (22) que dão sinais de que um grupo forte com potencial de chegada poderá se formar a partir de então.

A reunião aconteceu com as presenças do Deputado estadual Claudinei Lopes, juntamente com Claudio Ferreira o pré-candidato do DC a prefeitura, o advogado Edir Junior e empresários do setor de transporte e do agro, entre eles Marco Túlio Duarte do grupo Celeiro e Adelino Bissoni do grupo Botuverá.

O tema principal foi às articulações e composições para a majoritária que disputará a prefeitura de Rondonópolis. Ao que parece uma parte do setor empresarial e outra do agronegócio, procura estreitar relacionamento com o pré-candidato do DC, com a possibilidade de indicar um nome para compor a chapa majoritária.

Veja Também:  Servidores municipais lotam Plenário da Câmara em busca de apoio dos vereadores para a categoria.

Nunca é de mais lembrar que, esses empresários citados carregam consigo grande respeitabilidade por parte de seus colaboradores e familiares. A história mais recente mostra que Rondonópolis não tem pendido a setores da esquerda, prova disso foi o último pleito onde, a maioria dos eleitores votaram em um candidato de direita, inclusive muitos beneficiários de programas sociais considerados como bandeira da esquerda.  Nesta tangente podemos ver sinais de que o Jardineiro paisagista que até então era considerado desconhecido por muitos, possa ser o fator surpresa no pleito que se avizinha.

Se de um lado temos o prefeito Zé Carlos do Pátio (SD) que irá pra reeleição e que vem sendo muito mal avaliado em todas as pesquisas recentes, paralelo a isso, temos um outro que poderá vir na disputa com também viés de esquerda, Thiago Silva (MDB), considerado político jovem e dinâmico, porém carrega consigo a desconfiança dos Rondonopolitanos que o elegeram recentemente para o legislativo estadual e portanto estaria traindo seus eleitores. Nesta mesma toada, o eleitor que clama por renovação pode está ligando este à seu padrinho político, o velho cacique Bezerra, portanto, mais uma vez Cláudio Ferreira estará na onda do novo o eleitor buscará para o próximo pleito. Dado como certa já a aliança entre DC e PSL, vale lembrar que o Deputado Claudinei Lopes (PSL) cravou a marca dos 17 mil votos aqui em Rondonópolis, e será um forte cabo eleitoral, podendo-se somar ao grupo, um outro ilustre personagem Rondonopolitano, o atual Deputado Federal José Antônio Medeiros (PODE), aliado do presidente Bolsonaro e pré-candidato ao senado federal na eleição suplementar de 26 de outubro próximo.

Veja Também:  Rondonópolis l Bandido empreende fuga após assalto e morre após capotar veículo.

E se pegar, não tenha dúvidas o eleitor, uma enxurrada de outras siglas poderão se integrar a esse grupo.

Por enquanto, resta-nos aguardar os próximos desfechos.

DA REDAÇÃO.

Continue lendo

Policial

Rondonópolis l Bandido empreende fuga após assalto e morre após capotar veículo.

Publicado

No início da manhã deste domingo (23), bandidos, que havia invadido uma residência furtado um veículo e vários pertences da família empreenderam fuga e acabaram capotando o carro ao serem perseguidos pela Polícia Militar na Avenida dos Estudantes, em Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), Um dos bandidos não resistiu aos ferimentos e morreu, outro comparsa ficou gravemente ferido após o acidente.

De acordo com o comando da Polícia Militar da cidade, os bandidos invadiram uma casa, furtaram diversos objetos de valor e colocaram dentro do carro das vítimas.

Eles fugiam pela MT-270 quando foram surpreendidos por uma barreira da Polícia Militar, que aumentou o efetivo na rua por conta da Operação Carnaval.

Ainda segundo a PM, os bandidos foram descobertos antes mesmo das vítimas registrarem o assalto.

Os criminosos furaram a barreira, porém, o motorista perdeu o controle da direção e capotou o veículo.

Os bandidos que foram arremessados pra fora durante o capotamento, foram socorridos e encaminhados para o Hospital Regional, mas um deles chegou à unidade de saúde já morto. O comparsa está internado em estado grave.

Veja Também:  Violência contra mulher l Veto ao botão do pânico causa revolta em ativista Rondonopolitana

A Polícia Civil esteve no local, juntamente com a Perícia Oficial de Identificação Técnica (POLITEC), onde deram início aos trabalhos de investigação no caso.

DA REDAÇÃO

Continue lendo

Mulher

Violência contra mulher l Veto ao botão do pânico causa revolta em ativista Rondonopolitana

Publicado

  Sandra Raquel Mendes participa da Câmara temática na capital

A ativista Rondonopolitana Sandra Raquel Mendes, presidente da Associação em defesa das Mulheres do Estado de Mato Grosso, em entrevista concedida ao site notícia em foco MT, se mostrou perplexa e bastante contrariada com a falta de sensibilidade por parte do governo do Estado em vetar o projeto que cria o dispositivo “botão do pânico” no estado. O projeto de autoria do deputado estadual delegado Claudinei Lopes foi vetado pelo governador do estado, porém o mesmo voltou para a ALMT, onde se esperava a derrubada do veto por parte dos parlamentares, uma vez que os mesmos já o haviam aprovado, o que não aconteceu, apenas 06 (seis) deputados votaram pela derrubada do veto, o que trouxe frustração ao parlamentar autor do projeto e consequentemente trouxe revolta a ativista Rondonopolitana.

Em seu desabafo, a presidente fala, como pode esses parlamentares não votarem a favor da derrubada do veto, para que pudéssemos dar mais segurança às mulheres¿,  recentemente estivemos em Cuiabá em uma reunião com a Câmara temática onde levamos duas vítimas e o botão do pânico delas disparou indicando que seus agressores estavam por perto, isso mostra o quanto o botão é importante, afinal quando esse botão é acionado a vítima fica alerta e já é um mecanismo de proteção rápido pois a polícia é acionada. Em sua fala a líder do movimento em defesa das mulheres deixa claro que o veto ao “botão do pânico” gerou uma revolta pela população feminina em geral e não irão desistir de cobrar os direitos e buscar medidas que visem a proteção das mulheres, nós perdemos uma batalha apenas, mas a luta continua, pontou Sandra Raquel. Sandra inclusive comenta que são inúmeras ligações e mensagens que tem recebido de várias mulheres solidarizando à sua luta e garante que irão se somar a esta batalha. Para Sandra, o movimento de “MULHERES VOCÊS NÃO ESTÃO SOZINHAS”, continuará unindo com outras mulheres e juntas iremos buscar apoio e respostas à falta de sensibilidade da classe política no tocante a esse assunto.

Veja Também:  Rondonópolis l Motoristas por aplicativo fazem manifestação nesta sexta (21).

O projeto de lei nº. 345/2019, que cria o dispositivo “botão do pânico”, pelo qual mulheres em risco de violência doméstica e ou familiar podem acionar os órgãos de segurança, foi vetado pelo governador mauro Mendes (DEM), com a justificativa de que a autoria do projeto deveria ser do executivo e não do legislativo, já que envolve órgão da administração pública.

O projeto botão do pânico de autoria do deputado delegado Claudinei Lopes foi aprovado pelo legislativo estadual em 19 de dezembro de 2019 em segunda votação.

O deputado Claudinei gravou um vídeo ao lado da presidente da associação que representa as mulheres vítimas de violência no mato grosso e comentou sobre o projeto e as funcionalidades e benefícios do dispositivo, para Claudinei, o projeto deve existir em todas as cidades do estado, uma vez que mulheres não são apenas agredidas ou ameaçadas na capital onde o projeto já existe, mas sim em todas as cidades. Sandra Raquel, mostrou sua indignação pela falta de sensibilidade de vários deputados e aproveitou para agradecer ao deputado pela autoria do projeto e apoio constante na luta pela defesa das mulheres mato-grossenses.

Veja Também:  Movimento criado pela Associação de mulheres de MT para defender vítimas de violência abre debate em foro na capital

Veja vídeo.

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana