conecte-se conosco


Saúde

Qual o momento de usar laxantes? Entenda como o medicamento funciona

Publicado

Quem sofre de problemas intestinais com certeza já se deparou com uma dúvida: qual o momento de recorrer aos laxantes e quando eles podem fazer mal? O medicamento, que promete acelerar o trânsito intestinal, traz um alívio quase imediato para os sintomas da prisão de ventre, mas também pode representar danos sérios a longo prazo. 

Leia mais: Após anos de constipação, jovem de 76 centímetros de intestino retirado

laxantes arrow-options
Getty Images

Laxantes: uso frequente pode gerar sintomas piores do que a constipação

De acordo com a nutricionista do Hospital Edmundo Vasconcelos, Silvia Ribeiro Messalem, recorrer ao laxante  pode ser muito prejudicial ao intestino e ocasionar danos nas terminações nervosas. “Em um primeiro momento, o intestino só irá funcionar a base dessa substância. Com o uso frequente, porém, surgem problemas nas terminações nervosas intestinais e o órgão começa a não funcionar como antes, necessitando de doses mais altas”, reforça.

Há vários tipos de laxantes disponíveis no mercado brasileiro. Eles variam de acordo com o modo de ação. O laxantes osmóticos atuam mantendo o conteúdo fecal mais úmido. Os emolientes são oleosos e atuam amolecendo as fezes, o que facilita a movimentação e a eliminação pelo reto. Já os laxantes catárticos aumentam o trânsito intestinal. 

Veja Também:  Itália, Coreia do Sul e Irã confirmam novas mortes causadas pelo coronavírus

Por interferir diretamente na mucosa do intestino, a última categoria é a mais utilizada e também a que merece mais atenção, pois pode causar inflamações no órgão, entre outros problemas após o uso prolongado.

Leia mais: Remédios que curam azia podem casar infecções intestinais 

Os laxantes, todavia, não são proibidos em situações pontuais em que o desconforto torna-se incapacitante, mas é importante estar atento à dosagem: embora seja comum, a automedicação nunca é indicada e apenas um profissional de saúde pode analisar cada caso. 

Independentemente da gravidade do caso, a profissional ainda destaca a importância de uma mudança de hábitos permanente que fará toda a diferença e te ajudará em casos de prisão de ventre .

“Antes de partir para o uso do laxante é preciso realizar uma mudança de hábitos na alimentação, manter-se hidratado, consumir probióticos e inserir atividade física na rotina”, diz.

Dicas caseiras que pode ajudar seu intestino

De acordo com Silvia Ribeiro, “uma dica é tentar estratégias caseiras como sucos laxativos com frequência e tentar educar o intestino para funcionar em um mesmo momento diariamente”, diz. Entre as opções que podem ser inseridas na alimentação, estão alimentos estimulantes e ricos em fibras. Veja algumas dicas de alimentos que devem entrar na sua rotina: 

  • Aveia
Veja Também:  Implantes dentários sem cortes: entenda a cirurgia guiada

Ideal no café da manhã, a aveia talvez seja a opção mais conhecida entre os cereais ricos em fibras. E se o senso comum diz que ela pode ajudar o intestino preso, não está errado. O indicado, para pessoas com constipação, é comer três porções de grãos integrais por dia. 

  • Feijão

O prato mais tradicional dos brasileiros também pode ser um aliado contra a prisão de ventre. O alimento possui uma combinação de fibras solúveis e insolúveis, que diminuem o ressecamento das fezes e aumentam o volume, facilitando a evacuação. 

  • Brócolis

Além de uma excelente fonte de proteínas e vitaminas, o brócolis – velho conhecido da alimentação saudável – também possui fibras essenciais que auxiliam no trânsito intestinal. 

  • Café 

Se você tem vontade de ir ao banheiro logo após aquela primeira xícara de expresso, não é o único. Já existem estudos que apontam o ação do café como estimulante intestinal, ainda que haja fibras em sua composição. 

Fonte: IG Saúde
publicidade

Saúde

Em 24 horas, 9 países registram primeiro caso do novo coronavírus

Publicado

O novo coronavírus segue se espalhando pelo mundo, e, nas últimas 24 horas, nove países registraram os primeiros casos de contaminação pela doença, entre eles o Brasil

Leia também: Vacina contra a gripe pode prevenir o coronavírus? Tire suas dúvidas

Os demais países que confirmaram casos de infecção pelo novo coronavírus são: Dinamarca, Estônia, Geórgia, Grécia, Macedônia do Norte, Noruega, Paquistão e Romênia. 


De acordo com o diretor-geral da OMS Tedros Adhanom Ghebreyesus em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (27), a epidemia pelo Covid-19 está em um ponto decisivo. 

“Se agirem de forma agressiva agora, podem conter o vírus. O meu conselho é agir rapidamente”, afirmou o diretor. “As epidemias no Irã, na Itália e na Coreia do Sul mostram do que este vírus é capaz”, disse, frisando que estes países enfrentam focos de  pneumonia viral .

Entretanto, alguns locais mostraram conseguir controlar o avanço da doença. “Vários países não assinalam casos há mais de duas semanas”, como a Bélgica, o Camboja, a Índia, a Rússia e o Vietnã, como também afirmou o diretor. 

Veja Também:  Isabela Silva terapeuta Lua Crescente fala sobre Massagem ayurveda (ayuvédica) e seus benefícios

Avanço do novo coronavírus

A contaminação pelo novo coronavírus começou em dezembro em Wuhan, na China, contaminou mais de 78,6 mil pessoas naquele país, das quais 2,7 mil morreram. Entretanto, a preocupação atual da OMS é “o que se passa no resto do mundo”, com mais de 3.470 casos em 44 países.

O balanço provisório da epidemia do coronavírus Covid-19 é de 2,8 mil mortos e mais de 82 mil pessoas infectadas, de acordo com dados reportados por 48 países e territórios desde a descoberta da doença. Das pessoas infectadas, mais de 33 mil se recuperaram.

Fonte: IG Saúde
Continue lendo

Saúde

Governo federal antecipa campanha de vacinação contra a gripe em 23 dias

Publicado

Após o primeiro caso de coronavírus confirmado no Brasil , o governo federal anunciou nesta quinta-feira (27) que vai antecipar a campanha de vacinação contra a gripe em 23 dias. O início, que estava previsto para abril, deve ser em 23 de março em território nacional. 

mulher tomando vacina arrow-options
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

O adiantamento da campanha de vacinação contra a gripe deve ajudar futuros diagnósticos de coronavírus

Em coletiva de imprensa, em São Paulo, o infectologista David Uip afirma que serão 75 milhões de vacinas disponíveis, número recorde desde o início da campanha. 

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, explica que o adiantamento da vacina facilita o diagnóstico do coronavírus em futuros pacientes.

Leia também: Como é o tratamento do paciente confirmado com coronavírus no Brasil?

Ao apresentarem os sintomas em unidades de saúde, facilitam o trabalho dos profissionais ao informarem que tomaram a vacina, já que doenças contempladas na vacina serão desconsideradas. Se for caso de coronavírus, o diagnóstico será mais rápido.

Fonte: IG Saúde
Veja Também:  Itália, Coreia do Sul e Irã confirmam novas mortes causadas pelo coronavírus
Continue lendo

Saúde

Implantes dentários sem cortes: entenda a cirurgia guiada

Publicado

Hoje em dia, com grandes avanços na área digital, divulgações em redes sociais  as grandes empresas estão empenhadas em cada vez mais inovar com materiais e técnicas avançadas e os pacientes estão cada vez mais informados e exigentes com a qualidade e resultados em seus tratamentos.

dente arrow-options
Reprodução

Cirurgia guiada para implantes dentários

E com isso tudo  aparece a cirurgia guiada para implantes que é a mais moderna técnica para tal procedimento. É uma cirurgia sem cortes na gengiva para instalação dos implantes. É feito apenas um pequeno orifício do diâmetro exato do implante, sem a necessidade de pontos.

Leia mais: Por que temos mais tártaro atrás dos dentes de baixo? 

Tudo começa com o planejamento digital , que vai desde o escaneamento da boca do paciente ,são feitas tomografias computadorizadas , esses materiais vão para um software que permite planejar com alta precisão todos os casos cirúrgicos, desde os mais simples até os mais complexos.

Após isso será feito um dispositivo acrílico que se adapta sobre os dentes e gengiva chamado de guia cirúrgico, no qual vai definir ao cirurgião dentista o exato local da perfuração e colocação do implante.

Veja Também:  Contraprova de brasileiro dá positivo para coronavírus, segundo jornal

Além de tornar a cirurgia até 50% mais rápida do que o método clássico, a técnica da Cirurgia Guiada aumenta expressivamente a assertividade, já que torna o planejamento eficaz faz com que todas as etapas sejam previsíveis.

A instalação dos dentes ( próteses sobre implantes ) podem ser colocadas imediatamente ou em até 72hs após a cirurgia. Mas isso vai depender da estabilidade em que o implante se fixa no osso para que se possa colocar a carga sobre ele.

Este procedimento pode ser realizado para um ou varios implantes. 

Dr Bruno Puglisi nos diz algumas vantagens:

  • Menos anestesia local
  • Cirurgia mais rápida
  • Técnica minimamente invasiva
  • Precisão na colocação dos implantes
  • Não há cortes 
  • Não há descolamento da gengiva, portanto menos inchaço pós operatório
  • Menor sangramento;
  • Melhor recuperação pós cirúrgica
  • Não precisa dar pontos

Lembrando que não existem milagres, todo paciente tem que ser avaliado para a possível colocação dos implantes , tendo que ter osso em espessura e altura para tal procedimento além de exames que o profissional irá solicitar para te indicar ou não a cirurgia guiada.

Veja Também:  Itália, Coreia do Sul e Irã confirmam novas mortes causadas pelo coronavírus

Fonte: IG Saúde
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana