conecte-se conosco


Mato Grosso

“Resolvemos um problema que se arrasta há 40 anos em Canarana”, destaca governador

Publicado


.

O governador Mauro Mendes afirmou que a entrega da Escola Estadual 31 de Março, em Canarana (832 km de Cuiabá), prevista para outubro, “vai resolver um problema que se arrasta há mais de 40 anos no município”.

Mendes vistoriou as obras, que estão em fase final, na manhã desta quinta-feira (24.09). A construção, realizada em convênio com a Prefeitura de Canarana, recebeu investimentos na ordem de R$ 3,072 milhões, sendo R$ 2,5 milhões de recursos estaduais e R$ 572 mil municipais.

O governador contou que diante da promessa da construção de uma nova escola, os alunos foram realocados para instalações no Parque de Exposição da cidade, e o prédio, demolido.

“Estive em Canarana em 2018 e a obra estava parada, a escola demolida, bem no centro da cidade. Temos agora a felicidade de ver uma belíssima obra que será inaugurada dentro de dois meses e que vai atender 800 alunos. Fizemos uma parceria com a prefeitura e estamos finalizando esta escola, mais uma obra que estava paralisada”, comemorou.

Veja Também:  Atendimento do Detran-MT na Arena Pantanal será suspenso nesta quarta-feira (21) à tarde

A unidade escolar foi construída em 1976 e por muitos anos funcionou em um prédio precário, colocando em risco a vida dos alunos e profissionais da educação.  Em 2016, a escola foi demolida com a promessa de construção de um novo espaço. A construção, porém, só foi iniciada na atual gestão, que vai entregar a unidade já no próximo mês.

A nova escola irá beneficiar todo o conjunto de alunos, professores e familiares, avaliou o deputado estadual José Eugênio de Paiva, o Dr. Eugênio.

“Uma escola muda tudo. Uma criança que assiste às aulas em um ambiente insalubre, o índice de aproveitamento dessa criança é muito baixo. Ele vindo para um prédio que foi projetado para ser escola, climatizado, com materiais e equipamentos novos, tudo isso motiva não só os professores, mas também o corpo de alunos e os familiares”, ressaltou o parlamentar.

A unidade terá 16 salas de aula, refeitório, cozinha, laboratórios, biblioteca integradora, banheiros adaptados para pessoa com deficiência, parte administrativa, além da reforma da quadra poliesportiva, que já existia no local. Com mais esta entrega, será possível ampliar a oferta de vagas na escola, que atualmente atende 530 alunos.

Veja Também:  Mato Grosso é 5º Estado que mais investiu em saúde pública no país

Acompanharam a vistoria os secretários estaduais Marcelo Oliveira (Infraestrutura e Logística), Basílio Bezerra (Planejamento e Gestão), Emerson Hideki (Controladoria-geral), e os deputados estaduais Dr. Eugênio Paiva e Ondanir Bortolini (Nininho).

Fonte: GOV MT

publicidade

Mato Grosso

Estado realiza testagem em massa de recuperandos de Cuiabá e Várzea Grande

Publicado


A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da Adjunta de Administração Penitenciária, está promovendo a testagem em massa para diagnóstico do novo coronavírus (Covid-19) em recuperandos e servidores das unidades penais de Cuiabá e de Várzea Grande. 

No último sábado (17.10), cerca de 130 reeducandas da Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May fizeram o teste rápido, na unidade penal. A aplicação foi feita pelos profissionais da saúde que atuam no Centro de Triagem de Covid-19, que está funcionando na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Já os 25 presos do Centro de Custódia de Cuiabá (CCC) já foram testados no dia 7 de setembro. Os demais reeducandos da Penitenciária Central do Estado (PCE), Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), em Cuiabá, e do Complexo Penitenciário Ahmenon Lemon Dantas e Cadeia Pública do Capão Grande, em Várzea Grande, serão testados nos próximos dias.

De acordo com o último Boletim Epidemiológico do Sistema Penitenciário de Mato Grosso, atualizado na última sexta-feira (16.10), há 32 casos ativos de Covid-19 em todas as 48 unidades penitenciárias. Este dado leva em consideração não só o número de pessoas privadas de liberdade, mas também de servidores que atuam nas unidades.

Veja Também:  Empaer realiza curso sobre construção de tanques agrícolas para agricultores
Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Todos os 141 municípios de Mato Grosso permanecem com risco baixo de contaminação da Covid-19

Publicado


A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou nesta segunda-feira (19.10) o Boletim Informativo n°225 com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso. O documento mostra (a partir da página 11) que todos os 141 municípios do Estado configuram na classificação com risco baixo para o novo coronavírus.

Veja a seguir a tabela de classificação de risco por município.

 

O sistema de classificação que indica o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades. Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana e os resultados são divulgados nos Boletins informativos da SES-MT.

Recomendações e cuidados

– Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

– Usar máscara quando sair de casa;

– Evitar aglomerações;

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

Veja Também:  Empaer realiza curso sobre construção de tanques agrícolas para agricultores

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Segunda-feira (19): Mato Grosso registra 136.504 casos e 3.732 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (19.10), 136.504 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 3.732 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 554 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 136.504 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 14.483 estão em isolamento domiciliar e 117.715 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 185 internações em UTIs públicas e 202 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 46,25% para UTIs adulto e em 23% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (26.916), Rondonópolis (9.907), Várzea Grande (9.704), Sinop (6.488), Sorriso (6.076), Lucas do Rio Verde (5.817), Tangará da Serra (5.488), Primavera do Leste (4.663), Cáceres (3.382) e Campo Novo do Parecis (2.847).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Veja Também:  Estado realiza testagem em massa de recuperandos de Cuiabá e Várzea Grande

O documento ainda aponta que um total de 110.457 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 448 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

No último domingo (18), o Governo Federal confirmou o total de 5.235.344 casos da Covid-19 no Brasil e 153.905 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 153.675 óbitos e 5.224.362 confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de segunda-feira (19).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

Veja Também:  Mato Grosso é 5º Estado que mais investiu em saúde pública no país

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana