conecte-se conosco


Entretenimento

“Rock leva ao aborto e satanismo”, afirma novo presidente da Funarte

Publicado

Maestro e agora presidente da Funarte , Dante Mantovani também tem outra ocupação: youtuber. No canal Dante Mantovani, com mais de 6 mil inscritos, o novo integrante do governo costuma tirar dúvidas sobre música erudita, mas também aproveita para praticar um dos esportes favoritos do YouTube: compartilhar teorias da conspiração . O canal continua no ar, ao contrário dos perfis de Mantovani em outras redes sociais, que foram excluídos na semana passada, diante do anúncio de que ele assumiria a Funarte.

Presidente da Funarte Dante Mantovani arrow-options
Reprodução/Youtube

Presidente da Funarte Dante Mantovani

Em um vídeo, por exemplo, o maestro, aluno do ideólogo de direita Olavo de Carvalho , endossa teorias de que agentes comunistas infiltrados na CIA foram responsáveis por distribuir LSD para jovens em Woodstock. O objetivo final, diz ele, seria destruir a família, vista como “base” do capitalismo.

“O rock ativa a droga que ativa o sexo que ativa a indústria do aborto. A indústria do aborto por sua vez alimenta uma coisa muito mais pesada que é o satanismo. O próprio John Lenno n disse que fez um pacto com o diabo”, afirma o youtuber.

Apesar da crença de que o rock leva ao satanismo, em vídeo de fevereiro de 2018 o youtuber disse acompanhar duas bandas do gênero: Metallica e Angra.

Leia também: Ofensa de diretor da Funarte a Fernanda Montenegro indigna classe artistíca

“Era uma banda brasileira que tinha grande preocupação com aspectos melódicos, tanto vocais quanto instrumentais, embora o ritmo fosse bastante frenético”, avalia ele sobre o Angra.

Veja Também:  Giovanna Ewbank mostra rosto de seu terceiro filho com Gagliasso em ultrassom

Em outro vídeo, de dezembro de 2016, Mantovani critica o repertório musical da abertura das Olimpíadas do Rio e defende que “a verdadeira cultura” do Brasil é a música clássica de Heitor Villa-Lobos.

“Como apresentam numa abertura de Olimpiada aquelas aberrações sonoras que eu não tenho nem coragem de chamar de música!”, reclama.

Agradecimentos a Olavo e curso online

Em 2013, Mantovani defendeu tese de doutorado na Universidade Estadual de Londrina (UEL) com o título de “O ensaio como procedimento para construção de sentidos textuais”. Nos agradecimentos, ele cita o ideólogo de direita Olavo de Carvalho, “cujas aulas, livros e artigos me resgataram de um mar de dúvidas que pareciam insolúveis e me propiciaram a clareza mental e a coragem necessárias para finalizar este trabalho”.

Assim como o mentor, o maestro também oferece um curso online, o “Seminário de Música”. Segundo o site do curso, o intuito é fornecer “vasta carga de conhecimentos musicais e dar-lhes uma formação superior, independente de instituições de ensino formal”. Entre as disciplinas na grade, estão estão “Leitura de partituras”, “técnicas de regência” e “Música e Marxismo”. O valor para participar é de R$ 457.

Leia também: Ícones do gênero, Supla e Ultraje a Rigor embalam festival de Rock no Hopi Hari

Mantovani é ainda produtor do curta-metragem amador “Deus acima de todos”, sobre a eleição de Jair Bolsonaro e a fé de seus seguidores. O filme narra em tons dramáticos a corrida presidencial com depoimentos de apoiadores do político — entre eles, nomes como a deputada Joice Hasselmann, agora um dos desafetos do presidente.

Veja Também:  Cinemas e teatros devem reabrir a partir do dia 27 de julho em São Paulo

Procurado pelo Globo , Mantovani afirmou que estava indo para Brasília e que não poderia falar com a imprensa até quarta-feira, por recomendação do Secretário Especial de Cultura, Roberto Alvim.

A nomeação do maestro para a Funarte saiu junto com a de Rafael Nogueira para a Bilioteca Nacional, conforme havia antecipado O Globo . Mantovani aparece em fotos nas redes sociais com Nogueira durante o 3º Simpósio Nacional Conservador de Ribeirão Preto, realizado em outubro, e é igualmente fã de Olavo de Carvalho.

Leia também: Crimes famosos no Rio de Janeiro são tema de novas produções nacionais

Ele também faz parte da organização da Cúpula Conservadora das Américas — assim como Katiane de Fátima Gouvêa, nomeada na quarta-feira secretária do Audiovisual. Ainda é próximo de Camilo Calandreli, novo secretário de Fomento e Incentivo à Cultura , a quem já se referiu como “amigo-irmão”.

Ele se mostrou alinhado com seu futuro chefe, ao compartilhar, no último domingo, uma notícia sobre uma discussão da qual o secretário participou. “Este é o tom com o qual se deve falar com esquerdistas e comuno-globalistas; aprendam a lição com o mestre Roberto Alvim!”, escreveu.


publicidade

Entretenimento

Bruna Linzmeyer diz que contratos proíbem atores de se assumirem: “Ainda existe”

Publicado


source

Bruna Linzmeyer se assumiu bissexual em 2016 e hoje ela vive um namoro com a DJ Marta Supernova . Porém, Bruna nem sempre se sentiu segura para falar da sua sexualidade abertamente. A atriz contou durante uma live com a distribuidora Vitrine Filmes que teve medo de perder trabalhos por não ser hétero.

Bruna Linzmeyer
Reprodução/Instagram

Bruna Linzmeyer fala sobre medo que sentiu ao se assumir bissexual

“Eu sei de muitas atrizes que trabalharam na televisão há 10, 20 anos atrás, que depois que se assumiram nunca mais trabalharam na emissora e nunca fizeram protagonistas. Sei de pessoas que têm contrato até hoje que não podem falar sobre sua sexualidade. Isso ainda existe”, a atriz revelou. 

Bruna analisa que ela não foi tão prejudicada pela sexualidade pelo fato de ser uma mulher jovem, considerada bonita pelo grande público e que já tinha uma carreira consolidada antes de se assumir. “O fato de eu ser branca, de olho azul, ser considerada uma mulher bonita, tudo isso ajuda muito a minha ‘passabilidade’, também para falar sobre a questão de ser lésbica”, ela completa.

Veja Também:  Deborah Secco fala sobre vida íntima com o marido: "Dez vezes ao dia"


Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Entretenimento

Giovanna Ewbank mostra rosto de seu terceiro filho com Gagliasso em ultrassom

Publicado


source
Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso
Reprodução/Instagram/@brunogagliasso

Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso





Estamos prestes a conhecer o pequeno Zyan,  terceiro filho de Giovanna Ewbank com Bruno Gagliasso. E para dar uma prévia do que vem por aí, a apresentadora publicou uma foto nesta sexta-feira (3) em que mostra o rosto do bebê durante um ultrassom.


“Tá chegando… 38 pra 39 semanas. Nós estamos ansiosos pra te receber Zyan! Ver sua carinha. Seus irmãos não veem a hora de te abraçar e te ‘apertar’ como eles mesmos dizem, rsrs. Você vai se apaixonar perdidamente por eles, pq eles são só amor à sua espera. E eu e seu pai, não preciso nem dizer, já te amamos sem nem mesmo te conhecer…pode vir conhecer sua família amorzinho  #quase39semanas”, escreveu ela. O casal já tem Títi, 7, e Bless, 6.

Fonte: IG GENTE

Veja Também:  Cinemas e teatros devem reabrir a partir do dia 27 de julho em São Paulo
Continue lendo

Entretenimento

Indireta? Ludmilla chama atenção ao usar sósia de Anitta em clipe

Publicado


source
Sósia da Anitta
Reprodução/Instagram

Sósia da Anitta


Ludmilla jura que “Cobra Venenosa”, lançada nesta sexta-feira (3), nada tem a ver com sua  recente briga com Anitta. Mas um detalhe do clipe fez com que as pessoas endossassem a teoria de que a produção seria uma indireta: uma das atrizes escaladas impressiona pela semelhança física com Anitta.

A atriz em questão é Luiza Drewan, que aparece bem no verso “Eu disse, limpa, limpa antes que caia dentro/ Escorrendo da boca no cantinho o seu veneno”, limpando a boca. Sobre o trabalho no clipe, ela disse ao Extra que não sabe se a chamaram por já ter sido apontada como sósia de Anitta.

“A produção entrou em contato comigo e, incialmente, não sabia para quem era. Só depois descobri que era para a Ludmilla. E achei sensacional. Que experiência participar de uma grande produção! Não sei se me chamaram por eu já ter sido apontada como sósia da Anitta”, afirma Luiza.

Ainda em entrevista ao jornal Extra, a modelo diz que espera não receber ataques. “Admiro muito a Ludmilla e a Anitta. Não existe isso de lado no time. Espero que todos entendam que trabalho e trabalho. E torço muito pela reconciliação da duas. Eu nem gosto de nenhum tipo de briga. As mulheres precisam estar juntas e se ajudarem”, diz. 

Veja Também:  Bruna Linzmeyer diz que contratos proíbem atores de se assumirem: "Ainda existe"

Apesar da polêmica, o clipe termina com uma mensagem de união, quando a própria Ludmilla parece de mãos dadas com a sósia de Anitta.


Em entrevista ao jornal O Globo, Ludmilla explicou que tinha composto a canção há três anos e define que o clipe é “um antídoto contra homofobia, racismo e fofoca”. E completa: “Um recado para quem se incomoda com o jeito que a outra pessoa escolheu de levar a vida, com a personalidade, com quem ela decide beijar, com a cor ou a roupa que ela curte”.

Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana