conecte-se conosco


Rondonópolis

Sai novo decreto, prefeito acata integralmente decreto estadual e mantém a ‘lei seca’ VEJA

Publicado

As medidas restritivas entram em vigor a meia-noite e valem até o dia 04 de abril; comércio não essencial deverá fechar as portas e todos ficam submetidos há uma quarentena obrigatória.

 

Depois de notificada, a Prefeitura de Rondonópolis decidiu acatar integralmente as medidas do decreto estadual nº 874/2021, que amplia as restrições nas cidades classificadas como de risco ‘Muito Alto’ para a Covid-19. O município decidiu manter também as restrições relacionadas à venda, consumo e transporte de bebidas, que são mais rígidas que as previstas no âmbito estadual.

Em relação às restrições que já estavam em vigor as principais mudanças são a exigência de barreiras sanitárias para controlar a entrada e saída de pessoas no município e também uma quarenta geral obrigatória por 10 dias.

Nesse período haverá restrições quanto à mobilidade e redução no horário de várias atividades comerciais. O funcionamento das atividades consideradas essenciais será mantido, conforme determina a legislação federal (veja a lista abaixo).

A Procuradoria Geral do Município já expediu um decreto municipal estabelecendo que as alterações passarão a vigorar a partir da meia noite.

 

DECISÃO JUDICIAL

A adesão da Prefeitura de Rondonópolis segue também uma determinação do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), que ontem julgou uma Ação Direta de Inconstitucionalidade em que a Prefeitura de Cuiabá contestava a legalidade do decreto estadual.

Veja Também:  Covid no Brasil: casos aumentam mais de 700% entre janeiro e março, diz Fiocruz

 

Na sentença a desembargadora Maria Helena Póvoas, presidente do TJMT, negou o recurso e disse que todas as prefeituras de Mato Grosso deveriam cumprir as orientações do Governo Estadual. Ela ainda determinou que os prefeitos fossem advertidos de que o “não atendimento da ordem judicial ensejará a devida responsabilização, nos termos da lei”.

“Não se pode permitir a existência de Decretos inconciliáveis entre si, devendo prevalecer, sobretudo durante a atual situação pandêmica, aquele que estabelece proteção maior à saúde pública com a imposição de medidas mais restritivas amparadas em evidências científicas”, disse a magistrada na decisão.

RESTRIÇÕES

Veja a seguir a lista das atividades consideradas essenciais e também quais são as principais restrições previstas no decreto estadual para as cidades na lista de risco ‘Muito Alto’ para a Covid-19:

 

– Quarentena coletiva obrigatória no território do Município, por 10 dias, podendo ser prorrogado

 

– Suspensão de aulas presenciais em creches, escolas e universidades.

 

– Barreiras sanitárias para triagem da entrada e saída de pessoas, ficando autorizada apenas a circulação de pessoas com o objetivo de acessar e exercer atividades essenciais

Veja Também:  Países mais pobres ainda não têm uma única dose da vacina contra Covid-19

 

– Manutenção do funcionamento apenas dos serviços públicos e atividades essenciais definidos pelo Governo Federal.

 

ATIVIDADES ESSENCIAIS (Decreto 10282/2020):

* Serviços médicos e hospitalares;

* Assistência social e atendimento à população carente

* Atividades da segurança pública e privada, incluídas a vigilância, a guarda e a custódia de presos

* Trânsito e transporte interestadual e internacional de passageiros

* Serviços de telecomunicações e internet

* Serviço de call center

* Fornecimento e distribuição de energia elétrica

* Serviços funerários

* Inspeção de alimentos

* Controle de tráfego aéreo, aquática e terrestre

* Serviços de pagamento, de crédito e de saque e aporte em bancos

* Correios e entregas

* Transporte, armazenamento, entrega e logística de cargas

* Tecnologia da informação e de processamento de dados (data center)

* Fiscalização tributária e aduaneira federal

* Fiscalização ambiental

* Produção, distribuição e venda de combustíveis

* Perícia para aposentadorias

* Pesquisa científica para a questão da pandemia

* Atividades religiosas

* Lotéricas

* Venda e conserto de pneus

* Comércio de bens e serviços para assegurar o transporte de cargas

* Locação de veículos

* Manutenção e venda de equipamentos de infraestrutura e máquinas

* Atendimentos em bancos

* Venda e transporte de gás

* Construção civil

* Indústrias

* Salões de beleza e barbearias

* Academias

 

DA REDAÇÃO

66 3424-4238

99934-4571

publicidade

Entretenimento

Portal de notícias estreia programa de entrevista como novo produto da empresa e já mira novos projetos

Publicado

A empresa Foco Consultoria & Serviços de Marketing, que atualmente tem como seu principal produto o portal de notícias “NOTICIA EM FOCO MT”, depois de ganhar espaço entre os leitores do seu conteúdo e se destacar entre os portais de notícias do país entre os mais acessados, resolveu inovar e lançar um novo produto, estreando dia 15 de abril às 19:00 horas o programa de entrevista EM FOCO com Sandra Raquel, a Âncora do programa que com muito dinamismo trará ao telespectador muita informação através de um bate-papo com os seus entrevistados.

O programa tem o objetivo de deixar o cidadão melhor informado sobre fatos e acontecimentos e ainda apresentar a história de sucesso de empresários e empreendedores no estado, abordar assuntos políticos com personalidades do meio político do país, conhecer história de sucesso de profissionais da cidade dentre outros.

O programa EM FOCO com Sandra Raquel será apresentado toda quinta-feira das 19:00 às 20:00 horas, transmitido pelas redes sociais da empresa.

https://www.facebook.com/noticiaemfocomtoficial

Veja Também:  Busca por atendimento para tratar sequelas da Covid-19 cresce 40%

https://www.instagram.com/noticiaemfocooficial/

VEJA VÍDEO DE CHAMADA

Continue lendo

Mato Grosso

Projeto “mãos que alimentam” faz campanha para atender famílias em situação de vulnerabilidade, veja como ajudar.

Publicado

Diante do cenário pandêmico que o Brasil vem enfrentando cuja realidade vem afetando milhares de famílias em todo o país, em especial do Estado de Mato Grosso, a Associação de Mulheres do MT, resolveu entrar em ação arregaçando as mangas e buscando minimizar a crise pela qual várias famílias de Rondonópolis vem passando, muitas inclusive já sem ter o que comer, haja vista que nos últimos meses muitas pessoas perderam seus empregos e ainda assim não conseguem mais solicitar o auxílio emergencial ofertado pelo governo federal.

 

A associação de Mulheres do Mato Grosso resolveu lançar uma campanha para arrecadar e comprar alimentos visando atender 200 famílias com cestas básicas que serão entregues conforme cadastro prévio à famílias já assistidas e acompanhadas pela entidade.

O doador poderá fazer sua doação em alimentos ou em espécie, sendo que para doação de alimentos poderão entrar em contato com representantes da associação através do telefone de contato: (66) 996042366 (Gabriela), aos que desejem fazer doações em dinheiro, a diretoria comunica que a transação poderá ser feita via chave PIX: 21995558000130 (CNPJ DA ASSOCIAÇÃO)

Veja Também:  Médica é suspensa após postar vídeos dançando com pele e gordura de pacientes

Os dirigentes informam ainda que, ao fazer a doação via pix você deverá enviar o comprovante via WhatsApp para o número: 66 99969-9314 (Ilda Rosa) tesoureira. O comprovante atenderá as normas internas de prestação de contas da entidade.

A entrega das cestas básicas às famílias tem data prevista para o dia 11 de abril conforme cronograma elaborado pela associação com vista a atender as medidas sanitárias em função do covid-19. Os dirigentes informam que a data poderá ser alterada caso não  consigam o número suficiente que atendam as famílias cadastradas, sendo que as doaçõe poderão continuar acontecendo enquanto durar a pandemia, haja vista que a Associação apesar de está localizada em Rondonópolis, ela atende todo o Estado de Mato Grosso, finaliza Sandra Raquel Mendes, Presidente da Associação.

Redução do bolsa família.

Outro fato a se observar é que, a maioria das mães beneficiárias do bolsa família tiveram seus benefícios reduzidos após o término da primeira etapa do auxílio emergencial, algumas inclusive tiveram o benefício do bolsa família reduzido em até 50 por cento.

Veja Também:  Covid-19: SP registra mais de 17 mil novos casos nas últimas 24h

Auxilio emergencial reduzido

Outro ponto a ser observado se dar pelo fato de que entre a última parcela recebida e a que deverão serem pagas existe um intervalo de 90 dias, onde milhares de famílias ficaram desassistidas e ainda tendo que conviver com a disparada dos preços dos alimentos e de consumo em geral.

Esta ação é idealizada e coordenada pela:  Associação em Defesa e Garantia dos Direitos  das Mulheres do Mato Grosso

 

DA REDAÇÃO

 

 

Continue lendo

Rondonópolis

Jornalismo Rondonopolitano de luto, Morre Valmor Miranda, vítima de covid-19

Publicado

O jornalista Valmor Miranda foi mais uma vítima do novo corona vírus, a triste realidade que visita vários lares e dilacera corações de famílias país a fora, desta vez deixou o jornalismo Rondonopolitano de luto, internado a mais de uma semana diagnosticado com o covid-19, Valmor não resistiu e faleceu na manhã deste domingo (4).

Vindo da cidade de Campo grande, Valmor chegou à Rondonópolis em meados de 1999, onde atuou na antiga VBC comunicação e de lá pra cá teve participação em importantes e acirradas disputas eleitorais.

Walmor Miranda e a esposa Alessandra Miranda

Com participação direta em campanhas vitoriosas, participou das campanhas dos ex-prefeitos Percival Muniz e Adilton Sachett, 2004 e 2008 respectivamente. Foi assessor de Percival Muniz e secretário de comunicação na primeira gestão zé do pátio.

Atualmente, Valmor cuidava de sua empresa, agência mídia digital, considerado um cara do bem, de muitos amigos e bem relacionado e católico praticante, Valmor deixa esposa e dois filhos, inclusive sua esposa também encontra-se hospitalizada também diagnosticada com covid-19.

Veja Também:  Busca por atendimento para tratar sequelas da Covid-19 cresce 40%

O portal NOTÍCIA EM FOCO MT lamenta a grande perda e se solidariza aos familiares de Valmor Miranda com votos de pesares.

 

DA REDAÇÃO

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana