conecte-se conosco


Rondonópolis

Semáforos não funcionam em três cruzamentos e causam transtornos aos motoristas no centro de Rondonópolis

Publicado

Arquivo

Em três dos principais cruzamentos do centro de Rondonópolis, avenida Cuiabá com as ruas Dom Pedro II, Rio Branco e Otávio Pitaluga,  foram registrados transtornos aos motoristas que trafegam por aquela região, nesta quarta-feira (27).

De acordo com informações, tudo isso devido ao não funcionamento dos semáforos nestes cruzamentos.

Conforme o secretário municipal de Transporte e Trânsito, Rodrigo Metello, os semáforos pararam de funcionar no final do dia desta terça-feira (26), depois que a placa do sistema da controladora queimou. Cada controladora comanda três cruzamentos.

A Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito pede cautela enquanto o problema não é resolvido.

Segundo nota enviada a imprensa pela Prefeitura, a expectativa é de que até esta quinta-feira (28), o funcionamento esteja normalizado.

A Setrat já está providenciando a troca da placa para que os semáforos voltem a funcionar.

Veja Também:  Bêbado atropela e ainda ameaça PMs em Rondonópolis no Bairro Padre Lothar
publicidade

Política MT

Rondonópolis, Prefeito tem bens bloqueados em ação por improbidade

Publicado

      Prefeito Zé do Pátio (SD) Rondonópolis, que responde a vários processos

O Tribunal de Justiça, por meio da 2ª Câmara de Direito Público e Coletivo, concedeu liminar ao Ministério Público do Estado de Mato Grosso, em agravo de instrumento, determinando a indisponibilidade de bens do prefeito de Rondonópolis, José Carlos Junqueira de Araújo, conhecido por “Zé do Pátio”, no valor de R$ R$ 1.280.734,29. Além dele, também tiveram os bens bloqueados o ex-secretário de Saúde do Município, Valdecir Feltrin; o empresário Stroessner Rodrigues Santa Cruz; o advogado Rowles Magalhães Pereira da Silva; e a empresa Imamed Diagnóstico Médico Ltda.

Consta na ação civil de responsabilidade por ato de improbidade administrativa proposta pelo MPMT que, “a pretexto de atender a elevada demanda de exames de imagens para os pacientes do Sistema Único de Saúde na cidade de Rondonópolis, posto que haveria uma grande “fila” de espera para a sua realização pelos estabelecimentos públicos ou particulares conveniados, o primeiro demandado, na condição de Prefeito Municipal de Rondonópolis no ano de 2009, contratou sem licitação, a segunda requerida, Imamed Diagnóstico Médico Ltda”.

Veja Também:  Policiais Militares de Rondonópolis são homenageados pelo Alto Comando da PM

Além da contratação sem licitação, a 2ª Promotoria de Justiça Cível de Rondonópolis argumenta que houve fraude em relação ao credenciamento da empresa evidenciando em “indecoroso direcionamento”. Auditoria realizada no referido contrato aponta que não foram apresentadas documentações que comprovem a qualificação da empresa para a prestação de serviços de imagenologia junto à Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e licenciamento das instalações radiativas.

A conclusão da auditoria foi de que a empresa não estava regular para prestar os serviços contidos no contrato. Além disso, os exames contratados foram elencados de forma generalizada, sem apresentar as especificações e procedimentos de cada tipo de exame. A auditoria apontou ainda problemas relacionados à prestação dos serviços contratados.

“Os demandados, além de contratarem de maneira privilegiada, direcionada e ilegal, sem licitação, ainda admitiram uma empresa sem comprovação técnica suficiente para aquele serviço (tanto que atrasou constantemente a entrega dos laudos e ainda foi interditada pela Vigilância Sanitária), que não comprovou a efetiva realização de todos os exames faturados e cobrados, evidenciando-se por todo o descrito, o manifesto dano ao erário municipal”, destacou a 2ª Promotoria de Justiça Cível.

Veja Também:  Bêbado atropela e ainda ameaça PMs em Rondonópolis no Bairro Padre Lothar

Na ação, o MPMT também ressalta que a empresa requerida não recolheu os tributos devidos tanto ao erário municipal, como ao federal, provocando uma evasão de recursos na ordem de R$ 160.209,98 mil. Relata ainda que a empresa recebeu recursos até a rescisão contratual sem prestar os serviços. “Os autos revelam a Realização de Relatório de Auditoria, onde restou constatado que inexistiam provas quanto à execução dos exames contratados, pelos quais a agravada Imamed recebeu dinheiro até a rescisão do contrato”.

Fonte: MPMT

Continue lendo

Policial

Bêbado atropela e ainda ameaça PMs em Rondonópolis no Bairro Padre Lothar

Publicado

Um homem foi preso após dirigir embriagado fazendo ‘ziguezague’ na pista e atropelar uma pessoa, no bairro Parque Lothar, no município de Rondonópolis (212 km de Cuiabá) o indivíduo ainda ameaçou os militares que atenderam a ocorrência. A situação teria acontecido no início da noite deste sábado (18).

Segundo informações da PM, os policiais foram informados por uma pessoa de que haveria um motorista com um veículo Ford Fiesta fazendo manobras arriscadas no meio de uma pista, colocando assim em risco a vida de pessoas que por ali estavam. Os agentes de segurança pública foram até a região indicada, o suspeito vendo a presença dos militares acabou fugindo, mas, sem sucesso, pois foi detido ali próximo no bairro Maria Neuma.

Os policiais logo constataram que o condutor estava embriagado, porém, o suspeito se recusou a fazer o teste do etilômetro. Ainda, os PMs suspeitaram que o motorista tivesse atropelado alguém, pois havia algumas danificações nos para-choques. Esta suspeita foi confirmada através de informações de funcionários da UPA, que informaram que uma pessoa havia sido atropelada por um carro, com a mesma característica do apreendido.

Diante da situação, o homem foi encaminhado à delegacia de polícia da cidade juntamente com o seu veículo, onde posteriormente foi apresentado a audiência de custódia.

Veja Também:  Bêbado atropela e ainda ameaça PMs em Rondonópolis no Bairro Padre Lothar

O rapaz que teve sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) apreendida por conta do flagrante ainda ameaçou a forças policiais dizendo que “ia se encontrar com a PM” e que “isso não iria ficar assim”. Além de responder por dirigir sobre influência de álcool, o crime de ameaça também constará no nome do infrator.

Continue lendo

Política MT

Site faz enquete para prefeitura de Rondonópolis, pátio perde feio de possíveis adversários e ainda conta com forte rejeição do eleitorado.

Publicado

O site noticia em foco mt lançou no último dia 12 uma enquete numa sequencia que fará com os possíveis adversários do atual prefeito de Rondonópolis à sucessão municipal deste ano. O primeiro a enfrentar pátio na enquete foi o empresário e vereador Thiago Muniz (DEM) que está em seu segundo mandato e tem manifestado interesse publicamente em ir para uma disputa contra Pátio. A enquete ficou no ar durante 07 (sete) dias onde os internautas puderam deixar seu voto e também comentar seu voto, sendo apenas permitido um voto por IP, ou seja, o eleitor não poderia votar duas vezes em um mesmo candidato, o próprio sistema trata de barrar. Mesmo notando-se que a maioria dos votos atribuídos a pátio foram oriundos de pessoas que estão na gestão, ou seja, teria algum cargo comissionado, ainda sim o placar foi bem desfavorável para o gestor que no confronto direto ficou com apenas 43% das intenções de voto, contra 57% de Muniz. O que mais chamou a atenção foi s inúmeros comentários negativos atribuídos ao gestor e sua forma de administrar. O site noticia em foco mt iniciou na noite de ontem mais uma enquete, desta vez com outro possível adversário de pátio, o Ex-vereador e atual Deputado Estadual Thiago Silva (MDB), e o placar até o momento em menos de 12 horas de enquete, mostra o atual prefeito perdendo de goleada, o placar é de 35% para pátio, contra 65% para Silva. O resultado final da enquete sai em 06 dias.

Veja Também:  Rondonópolis, Prefeito tem bens bloqueados em ação por improbidade

Vamos aguardar!

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana