conecte-se conosco


Política MT

Sinfra anuncia projeto para restauração asfáltica do Distrito Industrial antigo de Rondonópolis

Publicado


Deputado recebe a secretária de Infraestrutura de Rondonópolis

Foto: SAMANTHA DOS ANJOS FARIAS

Após encontro com o prefeito de Rondonópolis, José Carlos do Pátio (SD), no início do mês, o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) recebeu a secretária municipal de Infraestrutura, Claudine Logrado Fanaia, na última terça-feira (16), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), para discutir as iniciativas da gestão municipal na área de infraestrutura. Dentre os assuntos abordados,  estão os distritos industriais, a urbanização e a construção de rotatória na avenida Rio Branco, no bairro Mathias Neves.

Atualmente, o município possui quatro distritos industriais denominados de Augusto Bortoli Razia, Vila Operária, Vetorasso e o Rondonópolis, que é o mais antigo. Um aspecto importante destes polos é que eles favorecem a economia e o desenvolvimento social do município, principalmente devido à geração de emprego e renda, produtos e serviços para atender à população.

Distritos – A secretária informou que desde agosto do ano passado, três distritos que nunca tinham recebido asfalto estão em fase de execução das obras de pavimentação com previsão para a finalização no segundo semestre deste ano. O contrato inicial era de R$ 24 milhões, devido a novos aditivos para asfaltar outras vias, o custo para a gestão municipal passou a ser de R$ 30 milhões.

“O contrato firmado foi de um ano. A parte de drenagem está toda pronta, que é o mais demorado. A pavimentação do distrito Razia foi todo, pois ele é menor. Primeiro foi a avenida principal e depois teve novos aditivos para as ruas transversais. O Vetorasso foi só na Avenida dos Transportes, que é muito grande e teve um custo de R$ 10 milhões. Já a Vila Operária foi a avenida principal”, detalha Claudine, que disse que o orçamento também conta com a realização de meio-fio, sarjeta e calçada. 

Projeto – O Distrito Industrial Rondonópolis foi criado em novembro de 2003, sendo que a área ocupada foi doada pelo Poder Executivo estadual para o município. Por ser o mais antigo dos distritos, o asfalto está bastante danificado, o que dificulta a trafegabilidade de veículos. De acordo com a secretária, já está em andamento o projeto para refazer a rua principal, que fica na entrada, e a transversal, que passa em frente da ADM Brasil. “Ainda não sei se a verba utilizada será de recurso próprio ou se vai ser pleiteado. O projeto em duas a três semanas vai estar pronto. Já está na programação e vamos mandar para frente”, anuncia.

Ela explica que, infelizmente, não tem como a prefeitura municipal asfaltar todas as vias dos distritos, pois chegaria a ter um gasto em torno de R$ 70 milhões. “O prefeito não consegue fazer todas as obras necessárias nos distritos ao mesmo tempo. É bem pesado fazer tudo de uma vez. Foram priorizados aqueles que estavam só terra. Este do distrito industrial antigo não tinha feito nada, pois as ruas eram asfaltadas, mas bem desgastadas. Ali não tem como ser apenas tapa-buraco, a gente tem que retirar o asfalto e fazer uma nova base”, explica Logrado.

Ela diz que, no ano passado, o prefeito pediu para fazer a recuperação deste distrito, mas quando os engenheiros foram fazer o levantamento, apontaram que a base estava bem desgastada. A recuperação seria de R$ 6 milhões. Agora para refazer o asfalto pode ficar cerca de R$ 12 milhões. “O asfalto do Distrito Industrial antigo fica quatro vezes mais caro que um asfalto comum da cidade”, esclarece Claudine.

Urbanização – Rondonópolis já tem 95% da cidade asfaltada, informa a secretária, que acrescenta que a população já pede a realização da parte urbanística. “Teve algumas urbanizações pontuais, as pessoas viram que aquilo ficou legal e pedem para que a gente faça mais. Estamos pensando em urbanizar as avenidas grandes, que estão sendo bastante utilizadas para caminhada e com ciclovia”, explica.

A Avenida dos Estudantes, Avenida W11 e a rua Palestina no Parque Universitário são os três locais que Claudine comenta sobre a pretensão de fazer a urbanização. “O prefeito bate muito na tecla para aumentar a qualidade de vida e da educação, a urbanização contribui bastante com isso”, ressalva.

“O encontro com a secretária Claudine foi bastante produtivo. E o que estiver ao meu alcance quero contribuir com o desenvolvimento de Rondonópolis e proporcionar melhorias para os moradores. Já me comprometi em contribuir com uma emenda parlamentar para a urbanização da Avenida dos Estudantes e vamos unindo as forças políticas para o progresso deste importante município”, diz Claudinei.

Rotatória – Com o grande movimento de veículos e aumento de acidentes na Avenida Rio Branco, no bairro Mathias Neves, o deputado Claudinei havia levado essa preocupação ao prefeito municipal. “O prefeito já nos solicitou para fazer o projeto para entregar para ele. Está em nossa programação, vamos fazer o levantamento topográfico. Até o mês que vem, vamos encaminhar o projeto, temos uma equipe muito grande”, informa a secretária.

No início deste mês, Claudinei discutiu sobre essa necessidade para o secretário de Infraestrutura de Mato Grosso (Sinfra), Marcelo Padeiro, que orientou a importância do prefeito de Rondonópolis realizar a solicitação e protocolar na sede da Sinfra. Também ressaltou que é só a gestão municipal apresentar o projeto do trevo, enviar para a pasta e, em caso positivo, será feito o repasse financeiro para a execução da obra.

Essa demanda foi apresentada pelo deputado para a Sinfra, por meio da indicação n.° 68/2021, para a construção da rotatória no cruzamento entre as avenidas Rio Contorno Sul e Rio Branco.

Fonte: ALMT

Veja Também:  Sinfra atende indicações de Faissal e construirá 10 pontes de concreto

publicidade

Política MT

Saúde da mulher é bandeira do deputado Dr. Gimenez

Publicado


Foto: Rose Domingues Reis / Gabinete do deputado Dr. Gimenez

Em dois anos de mandato, o deputado estadual Dr. Gimenez (PV) apresentou 10 projetos de lei voltados à saúde, segurança e ao bem-estar da mulher. Também instituiu a Frente Parlamentar da Saúde da Mulher para promover debates com a sociedade a fim de melhorar as políticas públicas voltadas ao público feminino de todas as idades.

Conforme Dr. Gimenez, uma das proposições apresentadas – Projeto de Lei 59/2021 – institui a Política Estadual de Atendimento à Gestante, que precisa ser rápido, humanizado e garantir o bem-estar físico e emocional da mulher. “Temos que resguardar os direitos principalmente às gestantes em vulnerabilidade social e violência doméstica”.

Outra proposição – Projeto de Lei 970/2019 – torna obrigatório o serviço de avaliação psicológica a gestantes na saúde de Mato Grosso, dispositivo importante no momento de pandemia da Covid-19. “O nosso objetivo é que a saúde pública identifique precocemente o problema e já faça os devidos encaminhamentos, vamos evitar o agravamento da doença que traz sérias consequências para a mulher e a família”.

A partir do crescente aumento da violência contra mulher, também sob o efeito da pandemia, o deputado apresentou o Projeto de Lei 978/2020 estabelecendo à rede estadual diretrizes no atendimento das mulheres em situação de violência doméstica. Elas precisam ter acesso a uma série de serviços, de natureza médica, psicológica, jurídica e assistência social, o mais rápido possível.

Veja Também:  Lúdio Cabral alerta que toque de recolher é inapropriado e explica necessidade de quarentena

“O que vemos hoje é o agravamento da violência até que aconteça um feminicídio, ou seja, até que a mulher mesmo tendo buscado ajuda perca a vida. Em razão disso precisamos melhorar o atendimento para interromper o processo ainda no começo, para salvar essa mulher e a família, porque o impacto social da violência é incalculável”, pontua o deputado.

Na área de saúde, ele apresentou o Projeto de Lei 898/2020 criando o Programa Vida Nova Mulher Mastectomizada, com o objetivo de oferecer apoio às pacientes diagnosticadas com câncer de mama e que precisam recorrer à mastectomia (cirurgia de remoção da mama). Já o PL 899/2020 propõe ao governo estadual a inclusão da Campanha de Prevenção e Combate ao Câncer de Ovário.

“Mais de 70% dos casos hoje são descobertos tardiamente e apenas 43% das mulheres sobrevivem por mais de 5 anos após o diagnóstico, esse quadro poderia ser totalmente diferente com o diagnóstico precoce, mais uma vez, precisamos garantir o direito da mulher em ter acesso à saúde, isso precisa ser prioridade”, acrescenta Dr. Gimenez.

Veja Também:  Projeto propõe estadualização da estrada Rio dos Couros em Cuiabá

Em 2020, o parlamentar realizou algumas ações on-line (lives e vídeos com dicas de saúde) para tratar de temas importantes, como Agosto Dourado levando informações sobre a importância da amamentação, no Setembro Amarelo esteve com especialistas para tratar de saúde mental e educação financeira, temas que vem afetando sobremaneira principalmente o público feminino nos últimos meses. Já no Outubro Rosa, o alerta se direcionou à saúde das mamas.

“A partir da Frente Parlamentar, nós debatemos ainda sobre amamentação, parto humanizado, câncer de mama e saúde mental, o intuito é sempre ouvir as mulheres, suas demandas e mediar soluções por meio de novos projetos de lei, indicações ao poder público e também fazendo esse diálogo com os governos, seja estadual, municipal ou federal, para mim, mulher deve ser prioridade”.

Atuação parlamentar – O deputado Dr. Gimenez apresentou mil proposições até março deste ano, dos quais 656 indicações, 119 projetos de lei, 173 moções, 35 projetos de resolução, 16 requerimentos; também integra as Comissões de Saúde e de Indústria e Comércio como membro titular.

Fonte: ALMT

Continue lendo

Política MT

Deputado realiza treinamento on-line com vereadores da região oeste

Publicado


Foto: Ronaldo Mazza

Conhecer os ritos da Casa de Leis, a legislação municipal, estadual e federal, implantar organização administrativa e estratégias de comunicação. Cerca de 40 vereadores da região oeste de Mato Grosso participaram na manhã desta quinta-feira (04) do 1ª Curso “Destaque-se como vereador”, ação promovida pelo gabinete do deputado estadual Dr. Gimenez (PV).

 Para o parlamentar, especialmente àqueles que iniciaram agora sua vida pública, é fundamental a postura de aprendizado constante, tem que ler muito, inteirar-se das regras e leis, mas, acima de tudo, montar uma boa equipe. “Não temos como entender e saber tudo, por isso precisamos nos cercar de bons profissionais”.

No curso, o vereador tem acesso a um conteúdo básico para poder desempenhar o seu papel no parlamento, entendendo conceitos simples sobre a função de cada um dos poderes, por exemplo, no Executivo (prefeito, governador, presidente), Legislativo (vereador, deputado e senador) e Judiciário. Também acessa informações fundamentais nas áreas administrativa e da comunicação.

 “É importante essa bagagem técnica para não apresentar projetos de lei que firam a Constituição ou que precisem ser arquivados por outros motivos técnicos. Outro ponto importante é entender como deve ser o trabalho para não fazer promessas que não podem ser cumpridas ou que extrapolem a função do vereador”, explica o assessor jurídico do gabinete do deputado, José Nilson Vital Júnior.

Veja Também:  Lúdio Cabral alerta que toque de recolher é inapropriado e explica necessidade de quarentena

 A chefe de gabinete Simone Guedes explica que o curso surgiu da necessidade de fortalecer a parceria com os municípios. “Mesmo com todas as limitações por estarem no interior, queremos que eles tenham uma rotina de trabalho organizada, planejada e que façam um ótimo trabalho, porque isso vai refletir na atuação do deputado e na qualidade de vida da população”.

 Além de participar do treinamento, com duração aproximada de 3 horas, o vereador receberá um certificado de conclusão do curso e um E-book com as principais orientações. Nessa primeira turma, participaram parlamentares de municípios como Pontes e Lacerda, Nova Lacerda, Vila Bela da Santíssima Trindade, Glória D’Oeste, São José dos Quatro Marcos, Figueirópolis D’Oeste, Indiavaí, Lambari D’Oeste e Salto do Céu.

 Também integram a equipe de treinamento e confecção do material para os vereadores a assessora e administradora Fabíola Martinotto, a assessora e engenheira Fernanda Amorim, a jornalista Rose Domingues, e na arte do E-book Mario Okamura.

 Outras informações – fale com a equipe do deputado Dr. Gimenez para obter o calendário de novos cursos, há limite de vagas e regras para participar, contatos (65) 98476-5701 (WhatsApp)/[email protected]

Veja Também:  Botelho debate hoje com governo criação de centro de triagem da Covid-19 em VG
 
Fonte: ALMT

Continue lendo

Política MT

Sinfra atende indicações de Faissal e construirá 10 pontes de concreto

Publicado


Foto: ANGELO VARELA / ALMT

A Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) atendeu uma série de indicações feitas pelo deputado estadual Faissal Calil (PV). Entre os pedidos feitos pelo parlamentar, está a construção de várias pontes de concreto em substituição a pontes de madeira, no interior do estado, além da recuperação da MT-010, no trecho da estrada que liga os municípios de Sâo José do Rio Claro e Diamantino.

Três destas indicações de construção de pontes de concreto já se encontram, inclusive, em fase de execução da obra. Na MT-206, no trecho entre Paranaíta e Apiacás, sobre o Rio Apiacás, além da MT-206, entre Paranaíta e Apiacás, sobre o Rio Bruno, os trabalhos iniciaram-se em agosto de 2020. Na MT-240, no trecho entre Nortelândia e Comunidade Santo Antônio, sobre o Rio Paraguai, os trabalhos começaram em novembro do último ano.

“Fico feliz que a Sinfra tenha percebido a importância de todas essas obras para a população de Mato Grosso. É importante que o governo do estado tenha essa sensibilidade e ofereça a todos os cidadãos que aqui vivem serviços de qualidade. Essas vias são importantíssimas não apenas para o ir e vir dos moradores dessa região, mas também para o escoamento da produção agrícola de todo Mato Grosso”, afirmou Faissal

Veja Também:  Botelho assegura apoio para pequenos produtores de Lambari D´Oeste

Outros sete pedidos de construção de pontes de concreto feitos por Faissal junto à Secretaria encontram-se atualmente em fase de elaboração de projeto executivo, com início das obras previsto para o ano de 2021. São obras que contemplam cidades como Apiacás, Brasnorte, São José do Rio Claro, Nova Maringá, Nova Ubiratã, São José do Rio Claro e Tapurah. Para o parlamentar. Além disso, a Sinfra ainda atendeu um pedido de recuperação da MT-010, no trecho da estrada que liga os municípios de Sâo José do Rio Claro e Diamantino.

“A população do estado merece uma melhor infraestrutura, e é meu dever como parlamentar, lutar por essas melhorias para a população. É importante que o Poder Executivo se sensibilize com as necessidades da população e perceba que estradas e pontes de qualidade em Mato Grosso são fundamentais para o desenvolvimento do estado como um todo, o que acaba impactando positivamente na economia do estado e, consequentemente, na arrecadação de impostos. Todos ganham com essas melhorias. Fico muito grato a Sinfra e congratulo o Governo por posturas como essa”, completou.

Veja Também:  Lúdio Cabral alerta que toque de recolher é inapropriado e explica necessidade de quarentena
Fonte: ALMT

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana