conecte-se conosco


Agro News

TRIGO/CEPEA: Clima no Sul prejudica produtividade e qualidade

Publicado

Cepea, 12/11/2019 – Colaboradores do Cepea no Rio Grande do Sul estão preocupados, visto que as chuvas em excesso prejudicaram a produtividade e a qualidade da safra – inclusive, parte da produção não deve ser classificada sequer como trigo. Assim, esses agentes estão afastados do mercado spot brasileiro, de modo geral. Dados da Emater indicam que parte do trigo já colhido no RS tem apresentado perda de qualidade, com lavouras com PH abaixo de 75. Ainda segundo a Emater, triticultores da região de Ijuí estariam preocupados também com o lento avanço da colheita, devido à alta umidade. A Emater aponta que, na região de Santa Rosa, a qualidade e a produtividade, em geral, são boas. Entretanto, as lavouras que ainda não foram colhidas podem ser prejudicadas pelas chuvas, o que deve deixar a qualidade do cereal abaixo do PH 74. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Veja Também:  ETANOL/CEPEA: Mesmo com alta em junho, preço fecha 1º tri da safra 20/21 com forte queda
publicidade

Agro News

ARROZ/CEPEA: Preço médio de jun/20 é o maior da série do Cepea, em termos nominais

Publicado


.

Cepea, 08/07/20 – Os preços médios nominais do arroz em casca em junho deste ano são os maiores da série histórica do Cepea, iniciada em 2005 – de janeiro a junho de 2020, as cotações médias ficaram 31,2% superiores às do mesmo período de 2019. Esse cenário está linha com a expectativa inicial de menor disponibilidade interna observada desde 1984/85, de 12,7 milhões de toneladas na temporada 2019/20, podendo também chegar a um dos mais baixos estoques de passagems, de 438,4 mil toneladas em fevereiro/21, segundo a Conab. Em junho, o valor médio do Indicador ESALQ/SENAR-RS, 58% grãos inteiros (média ponderada) foi de R$ 61,92/sc de 50 kg, 2% superior ao de maio/20. Em relação a junho/19, o aumento é de expressivos 40,80% (R$ 43,98/sc). Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: CEPEA

Veja Também:  TRIGO/CEPEA: Oferta aumenta de forma pontual e pressiona valores
Continue lendo

Agro News

CAFÉ/CEPEA: Preço do arábica termina safra 2019/20 em alta, mas robusta recua

Publicado


.

Cepea, 08/07/20 – A temporada brasileira de café 2019/20 terminou com elevação nas cotações do arábica, mas queda para os valores do robusta, segundo informações do Cepea. Na média da safra (de julho/19 a junho/20), o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6 fechou a R$ 504,90/saca de 60 kg, aumento de 51,43 Reais por saca (ou de +11,3%) frente à temporada anterior, em termos reais (os valores foram deflacionados pelo IGP-DI de maio/20). Para o robusta, o Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 foi de R$ 319,54/saca, baixa de 5,5% no mesmo comparativo, também em termos reais. Para o arábica, as elevações estiveram atreladas, no fim de 2019, a preocupações com a oferta de cafés de qualidade superior e à retração dos estoques globais. Após as quedas em meados de janeiro/20, os valores voltaram a subir, reflexo da pandemia do coronavírus e da forte alta do dólar frente ao Real. Já quanto ao robusta, o recuo é explicado pela oferta elevada no Brasil e no Vietnã (maior produtor da variedade). Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Veja Também:  MAMÃO/CEPEA: Formosa se valoriza em quase todas as regiões
Fonte: CEPEA

Continue lendo

Agro News

ALGODÃO/CEPEA: Volume de negócios está limitado e preços oscilam

Publicado


.

Cepea, 08/07/20 – A disputa acirrada entre os valores pedidos por vendedores e os ofertados por compradores tem limitado as negociações de algodão em pluma, segundo informações do Cepea. Quanto aos preços, diante dessa “queda de braço”, registram pequenas oscilações diárias. Entre 30 de junho e 7 de julho, o Indicador do algodão em pluma CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, subiu ligeiro 0,49%, fechando a R$ 2,7243/lp nessa terça-feira, 7. Segundo pesquisadores do Cepea, algumas indústrias buscam pluma para repor estoques, e comerciantes precisam cumprir programações e/ou realizar negócios “casados”. Muitos demandantes, contudo, indicam dificuldade em achar lotes de qualidade, e, quando encontram, pagam valores maiores. Do lado vendedor, a maior parte está atenta à colheita da nova safra 2019/20. Por enquanto, ainda são poucos os lotes da nova temporada disponíveis no mercado. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: CEPEA

Veja Também:  ETANOL/CEPEA: Mesmo com alta em junho, preço fecha 1º tri da safra 20/21 com forte queda
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana