conecte-se conosco


Mato Grosso

Unidades do Ganha Tempo reforçam necessidade de realizar exame de próstata

Publicado

A cada ano, 68.220 homens serão diagnosticados com câncer de próstata no Brasil, resultando em 15.400 mortes. É o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos e considerando ambos os sexos, é o segundo tipo mais comum. Mais do que qualquer outro tipo, é considerado um câncer da terceira idade, já que cerca de 75% dos casos ocorrem a partir dos 65 anos, mas a doença já pode surgir a partir dos 50 anos.

Diante desse cenário e para fazer seu papel de contribuir com a melhoria da qualidade de vida da população do Estado, o Ganha Tempo aderiu à campanha “Novembro Azul”, realizada mundialmente para lembrar a importância de se fazer com regularidade o exame da próstata. Durante todo mês, os colaboradores das sete unidades existentes em Mato Grosso estarão usando o símbolo da campanha, um laço azul junto à roupa, e os espaços estarão enfeitados com balões azuis para chamar atenção dos usuários.

Veja Também:  Doação de tecido ao Sistema Penitenciário servirá para confecção de mais de 32 mil máscaras

Se diagnosticado em estágio inicial, o tratamento do câncer de próstata fica mais fácil e altamente eficaz. Mas o câncer de próstata esbarra no preconceito masculino quanto à realização de exames preventivos. Por isso, desde 2003, em todo mundo é realizada a campanha para reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata. 

Como um espaço com ampla circulação de pessoas, o Ganha Tempo instituiu a rotina de promover ações sociais que visem à melhoria das condições de vida e saúde da população. O Consórcio Rio Verde, administrador do Ganha Tempo em Mato Grosso, entende que campanhas sociais e de conscientização são essenciais para motivar a sociedade. Somente este ano foram promovidas campanhas relativas ao Setembro Amarelo (prevenção ao suicídio) e ao Outubro Rosa (prevenção ao câncer de mama).

Recentemente foi realizada uma campanha de arrecadação de roupas e agasalhos. O Ganha Tempo também mantém duas campanhas em apoio ao público feminino: uma de prevenção ao feminicídio e outra sobre o direito à igualdade em todas as esferas, especialmente no trabalho. Atualmente, o Ganha Tempo está presente em seis cidades de Mato Grosso, com sete unidades: Cuiabá (Unidades Ipiranga e CPA), Várzea Grande, Rondonópolis, Cáceres, Barra do Garças e Sinop.

Veja Também:  Quinta-feira (02): Confira lista de municípios com classificação de risco muito alto de contaminação

O Ganha Tempo em Mato Grosso tem tido uma média de 113 mil atendimentos/mês, com um índice de 99% de aprovação dos atendimentos entre bom e ótimo, com filas de espera que ficam abaixo do recomendado por lei. Somente a unidade da Praça Ipiranga, em Cuiabá, oferta 87 tipos de serviços. Em todas, os serviços mais procurados são confecção de RG, vagas de emprego através do SINE (nas unidades que disponibilizam o serviço), Detran, confecção de título de eleitor no TRE e os atendimentos ofertados pela Previdência Social (INSS).

publicidade

Mato Grosso

REM-MT prorroga prazo para seleção de empresa especializada em terceirização de mão de obra

Publicado


.

O Programa REDD for Early Movers em Mato Grosso (Programa REM-MT) prorrogou o prazo de seleção de empresa pessoa jurídica para disponibilização de profissionais terceirizados que irão auxiliar o Grupo de coordenação do REM-MT nas tarefas de gestão técnica e administrativa. Pelo novo cronograma, as propostas podem ser enviadas até 9 de julho e a seleção será feita pelo Fundo Brasileiro de Biodiversidade (Funbio), entidade responsável por gerenciar os recursos.

A carta convite 231/2020 disponível no site do Funbio prevê a terceirização de até 15 profissionais de diversas áreas, como administração e comunicação.  Os profissionais irão atuar nas áreas administrativas do Programa REM-MT e/ou do Instituto Produzir Conservar e Incluir (PCI).

Para o coordenador de Fortalecimento Institucional do Programa REM-MT, Felipe Sant’Anna, o apoio técnico especializado será de grande importância para andamento das missões. “Temos um grande volume de trabalho e de especificidades, tais como os programas de fortalecimento dos órgãos de governo que combatem o desmatamento e valorização da floresta em pé por meio de ações para a agricultura familiar, territórios indígenas, produção sustentável”, complementa Sant´Anna.

Veja Também:  Depois de três dias de trabalho, forças de Segurança apreendem 117 quilos de pasta base de cocaína

A seleção segue os Procedimentos Operacionais de Compras e Contratações do Funbio e Diretrizes do KfW – Banco Alemão de Desenvolvimento através de Tomada de Preços Ampla Nacional (NCB). Informações adicionais e documentos necessários estão disponíveis no link: https://www.funbio.org.br/compras_contratacoes/funbio-seleciona-pessoa-juridica-para-prestacao-de-servicos-continuados-de-contratacao-de-recursos-humanos-para-auxiliar-a-equipe-do-grupo-de-trabalho-do-programa-rem-gtp-rem/

Sobre o Programa REM MT

O Programa REM remunera e premia o esforço de mitigação das mudanças climáticas de pioneiros do REDD+ (Early Movers) em nível estadual, subnacional ou nacional pretendendo fomentar o desenvolvimento sustentável e gerar aprendizados até que um mecanismo global de REDD seja operativo.

O principal objetivo do programa é a valorização da floresta em pé. O REM segue todos os princípios e critérios da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (UNFCCC, na sigla em inglês), na qual não ocorre transferência de créditos de carbono.

O contrato do REM Mato Grosso prevê recursos na ordem de 44 milhões de euros do governo da Alemanha por meio do Banco Alemão de Desenvolvimento (KfW), e o governo do Reino Unido, por meio do Departamento Britânico para Energia e Estratégia Industrial (BEIS). A totalidade do recurso só será liberado se o Estado mantiver o desmatamento abaixo do limite, chamado de gatilho de performance, que é de 1.788 Km2/ano.

Veja Também:  Quinta-feira (02): Confira lista de municípios com classificação de risco muito alto de contaminação

Os recursos do Programa estão distribuídos da seguinte maneira: 60% para os subprogramas de agricultura familiar, povos e comunidades tradicionais na Amazônia, Cerrado e Pantanal; territórios indígenas; e produção sustentável, inovação e mercados.

Os demais 40% são destinados ao fortalecimento institucional de entidades governamentais do Estado e na aplicação e desenvolvimento de políticas públicas estruturantes.

 

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Reunião do Conselho Estadual de Recursos Hídricos será transmitida ao vivo

Publicado


.

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), por meio do Conselho Estadual de Recursos Hídricos (CEHIDRO), convida toda a população mato-grossense para assistir 85ª Reunião ordinária na próxima quinta-feira (09), às 08h ao vivo em Sema Mato Grosso no Youtube.

Dentre as pautas da reunião, estão as metas dos Comitês de Bacias Hidrográficas de Mato Grosso. Em um primeiro momento, será apresentada a certificação de alcance das metas via Programa Nacional de Fortalecimento dos Comitês de Bacias Hidrográficas (Procomitês) e aprovação das novas metas.

O pleno também irá deliberar sobre o regimento interno do CBH Alto Paraguai Superior e sobre a resolução n 91/2017 que versa sobre critérios técnicos critérios técnicos para análises dos pedidos de autorização de perfuração de poços tubulares para captação de águas subterrâneas com a finalidade de uso em áreas irrigadas a partir de 30 hectares (resolução 61/2013).

Ao final da reunião serão feitos os informes sobre os Estudos de Avaliação dos efeitos de Implantação de Empreendimentos Hidrelétricos na Região Hidrográfica do Paraguai. A pauta completa da reunião pode ser acessada aqui

Veja Também:  Parceria entre governo e prefeitura vai pavimentar estrada em Sorriso

Serviço

85ª Reunião Ordinária do Conselho Estadual de Recursos Hídricos – CEHIDRO

Quando: 09/07/2020

Onde: Ao Vivo no Canal do Youtube Sema Mato Grosso 

Horas: 08 horas

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Lei proíbe suspensão de serviços de internet móvel durante período de restrições da Covid-19

Publicado


.

O Governo de Mato Grosso sancionou legislação estadual que determina a disponibilização pelas operadoras de telefonia e internet móvel dos acessos a sites de comunicação, redes sociais e streaming (conteúdos multimídia online) sem desconto no pacote de dados dos clientes.

De acordo com a Lei, publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (02/07), também ficam proibidas a suspensão dos serviços e redução de velocidade de internet, durante o período de aplicação de medidas de contenção da Covid-19.  A Lei começou a valer no dia 02 de julho de 2020.

Outro ponto destacado é que as operadoras de telefonia e internet móvel não poderão suspender os serviços por motivo de inadimplência dos consumidores que estiverem em áreas de restrição de deslocamento.

Em casos de não cumprimento das medidas por parte das operadoras, será aplicada “multa de 100 (cem) Unidades Padrão Fiscal do Estado de Mato Grosso (UPFs/MT) e em caso de reincidência, a multa será duplicada”, como diz parte do documento. Ou seja, o valor da multa inicial pode ser de R$ 15.165 reais, podendo chegar a R$ 30.330 reais, uma vez que a UPFs/MT em junho registrou o valor de R$ 151,65 reais.

Veja Também:  Reunião do Conselho Estadual de Recursos Hídricos será transmitida ao vivo

Clique e leia na íntegra a Lei 11.158/2020.

Reclamações

Caso tenha problemas, o consumidor pode acessar a plataforma online www.consumidor.gov.br e registrar sua reclamação sem sair de casa. No serviço remoto, que funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana, estão cadastradas as principais redes de telefonia e internet móvel que atuam em Mato Grosso.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana