conecte-se conosco


Carros

Vendas para locadoras e PcD ganham muita força em 2019

Publicado

source
locadoras de veículos arrow-options
Divulgação

Vendas para locadoras aumentam bastante no Brasil durante 2019 levadas pelo alto custo de ter um carro no País

A indústria automotiva está se transformando, em uma tentativa de adaptar-se aos novos tempos. Na próxima década, a queda do interesse dos jovens em ter um carro será acentuada, muitas pessoas descobrirão que podem ser proprietárias de veículos PCD e modelos elétricos terão mais destaque. É o que Sérgio Habib, presidente da JAC Motors do Brasil, prevê para 2020 e os anos subsequentes.

LEIA MAIS: Veja 5 detalhes que você precisa saber sobre aluguel de carros

Durante a apresentação do novo SUV T60 , o executivo revelou detalhes que normalmente ficam ocultos em análises de mercado mais rasas. Afinal, será que a indústria realmente está retomando o volume de vendas, ou os números estão equivocados? Habib propõe que o assunto seja avaliado por tópicos. 

Mudança de comportamento

Um estudo divulgado pelo Denatran aponta que o número de jovens habilitados entre 18 e 21 anos caiu 20,61% no período de 2014 a 2017. Muitos atribuem o fenômeno à crise econômica, uma vez que tirar a habilitação exige um grande esforço financeiro por parte do cidadão. Mas a comodidade de apps de carona como Uber, 99 e Cabify também influencia na decisão de abandonar o carro.

Pedindo uma corrida por aplicativo, o usuário estará blindado do desgaste de pneus, manutenção, seguro, combustível e a desvalorização. Esses custos, na teoria, seriam repassados para o motorista que dirige pelo app. Por conta disso, muitos também abandonaram a ideia de ter um carro próprio e passaram a apostar nos veículos de locadora .

Fenômeno do carro alugado

Habib, JAC, mercado arrow-options
Divulgação

Hoje em dia, apenas 56,2% dos carros vendidos vêm das concessionárias ante 73,9% entre 2011 e 2014

“No período entre 2011 e 2014, veículos de locadoras representavam, em média, 5,4% das vendas nacionais”, destaca Habib. “Em 2019, este número já atingiu 18% do mix. O comportamento do consumidor mudou, e os números seguem a mesma lógica”.

Veja Também:  Audi A4 Avant S-Line: para poucos e bons

Da mesma forma, Habib mostra que 73,9% dos carros emplacados entre 2011 e 2014 eram vendidos por concessionárias. Hoje, o número corresponde a apenas 56,2%. Se entre 2011 e 2014 as concessionárias venderam, em média, 2.580.024 automóveis, em 2019 o número caiu para 1.517.400. 

Ou seja, com a crescente na preferência por carros alugados, as concessionárias estão emplacando cada vez menos. Isso acaba refletindo em outro fenômeno que influencia diretamente na arrecadação de imposto por parte da montadora, algo que Sérgio Habib classifica como uma “brecha” jurídica.

Pão de queijo e alfajor

Habib diz que as leis mais “mansas” para carros de locadora causam disparidade no emplacamento de veículos por Estado e, consequentemente, um impacto na arrecadação do Governo. É por conta da alíquota de 1% no IPVA para veículos dessa categoria que carros emplacados em Belo Horizonte (MG) ganharam as ruas de todo o Brasil.

LEIA MAIS: Conheça 5 novos micos do mercado que você não deve comprar em 2019

Enquanto os emplacamentos de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador, Curitiba e Goiânia caíram na comparação entre 2014 e 2019, Belo Horizonte teve alta de 144%. Apenas neste ano, é estimado que a capital mineira contará com o emplacamento de 470 mil automóveis – superando por muito os 240 mil veículos de São Paulo (SP). 

Para se ter uma ideia da dimensão, Habib diz que Belo Horizonte, sozinha, deverá superar as vendas de toda a Argentina em 2019. Não à toa, o dono da Localiza bancou 44% da campanha do atual governador de Minas Gerais, Romeu Zema, de acordo com o jornal mineiro “O Tempo.”

PCD

O levantamento divulgado pelo presidente da JAC Motors do Brasil também coloca uma luz sobre os números de vendas para pessoas com deficiência. “Praticamente qualquer um pode ser considerado PCD”, disse Habib aos jornalistas. “Tenho certeza que 90% de vocês poderia comprar um veículo PCD. Eu posso, pois sou idoso e minha mãe, que tem Alzheimer, depende de mim. Mas se você quebrar o pulso jogando bola, ou fizer cateterismo, também poderá comprar um carro para deficientes por dois anos”.

Veículos PCD são mais baratos, pois estão isentos de IPI, ICMS e IPVA. Entre 2011 e 2014, as vendas da categoria correspondiam a 1,6% dos emplacamentos nacionais (54 mil carros por ano). Em 2019, o número já atingiu 13,2% da fatia do mercado (356 mil, anuais). “Pela isenção de imposto, 360 mil brasileiros vão comprar carros PCD”, destaca Habib.

O futuro dos elétricos

No quarto semestre de 2019, carros elétricos correspondem a 10% das vendas na China, 2,5% nos Estados Unidos, 5% em Portugal e 80% na Noruega. No país escandinavo, a isenção de impostos na categoria faz com que um VW Golf 1.4 TSI tenha o mesmo preço de um e-Golf 100% elétrico.

carro elétrico arrow-options
Divulgação

Carros elétricos chegaram para ficar, mas esse mercado ainda caminha devagar no Brasil

Mas mesmo em um mercado emergente e cheio de complexidades como o brasileiro, Habib acredita na queda inexorável dos carros movidos apenas a combustão. E isso causará um novo impacto na indústria como conhecemos.

“O carro elétrico não tem caixa de transmissão, virabrequim, correias, pistão e outras partes móveis. Isso acarreta na profunda disrupção da cadeia automotiva como conhecemos, influenciando nos fornecedores de autopeças, serviços de pós-venda e na distribuição de combustíveis”, diz Habib. “Isso acontecerá em meados de 2040, quando carros elétricos corresponderem a 50% das vendas em todo o mundo”.

LEIA MAIS:  JAC Motors lança nova linha de carros elétricos no Brasil

O executivo também acredita que o preço dos elétricos deverá baixar com o tempo. “Vai demorar, mas um dia os elétricos terão o mesmo preço de carros térmicos, como já acontece nos países nórdicos” destaca Habib. “Muitos países estão comprometidos em eliminar gás carbônico de sua geração de eletricidade. Na Europa, fala-se muito sobre energia eólica e solar. É questão de tempo”.

Fonte: IG Carros
publicidade

Carros

Harley-Davidson anuncia desconto para as Iron e mais condições especiais

Publicado

source
Harley arrow-options
Guilherme Marazzi

Para os saudosistas, a pintura do tanque da Harley-Davidson Iron 1200 é uma viagem ao passado

A Harley-Davidson anunciou uma redução de preços para toda a sua família Sportster. Composta pelos modelos Iron 883 e Iron 1200, eram cobrados R$ 43.900 pela primeira, antes da redução de R$ 4 mil para os atuais R$ 39.900. Enquanto isso, a 1200 saía por R$ 47.400 e agora sai por R$ 43.900, após R$ 3,5 mil de redução.

LEIA MAIS: A nova Harley-Davidson Low Rider S em grande estilo

Tanto a Iron 883 quanto a Iron 1200 são motos mais básicas quando comparadas a outras Harley-Davidson . Para ambas, há apenas uma opção de cor extra que adiciona R$ 1 mil ao preço, bem como opção de assento para o passageiro, entre os outros acessórios. Por outro lado, enquanto a 883 tem motor V2 de 883 cm³, que rende 6,8 kgfm, a Iron 1200 vem equipada com um 1.202 cm³ que gera 9,4 kgfm. As duas chegam com câmbio de cinco marchas.

Veja Também:  Harley-Davidson anuncia desconto para as Iron e mais condições especiais

LEIA MAIS: Harley-Davidson traz ao Brasil três novos modelos da linha 2020

Supervalorização de seminova

Harley arrow-options
Divulgação

Harley-Davidson FXDR custa R$ 79.990, e é a mais beneficiada com a supervalorização da seminova

Além dessa campanha, a marca também oferece condições especiais para a compra de qualquer moto 2019 da linha, com uma supervalorização de até R$ 10 mil na seminova, dependendo do modelo adquirido. As motocicletas estão disponíveis para test ride em toda a rede de concessionárias autorizadas da marca no país, de acordo com a disponibilidade.

LEIA MAIS: Harley-Davidson revela dois lançamentos inéditos: uma off-road e uma esportiva

Entre as Harley-Davidson mais procuradas, estão a FXDR 114 2019 — com o maior valor de supervalorização de seminova oferecido (R$ 10 mil), que vem equipada com motor Milwaukee-Eight 114 que entrega 16,11 kgfm, filtro de ar esportivo, escapamento 2 em 1, suspensão dianteira invertida, rodas e balança em alumínio — além das Sport Glide, Fat Bob e Fat Boy, com supervalorização de R$ 5 mil.

Veja Também:  Veja a história do Fox, o compacto da Volkswagen que quase não foi lançado

Fonte: IG Carros
Continue lendo

Carros

Honda CB 250F Twister SE chega às lojas em edição especial

Publicado

source
Honda arrow-options
Divulgação

Honda CB 250F twister SE: Naked é a mais sofisticada dentro da linha de motos urbanas

A Honda CB 250F Twister SE (Special Edition) acaba de chegar às lojas por R$ 14.945,00 (CBS) e R$ 15.945 (ABS). Revelada no Salão Duas Rodas 2019, a novidade tem cores e grafismos exclusivos, criados pela área de design da Honda Brasil. Ela traz pintura azul com detalhes em cinza, além de rodas e outros detalhes visuais em laranja. O objetivo é fazer alusão à CB 650F.

LEIA MAIS: A Honda CB 250F Twister ficou mais segura

Apesar das mudanças, a edição especial da Honda CB 250F Twister manteve o seu conjunto mecânico. Ou seja, segue com o motor monocilíndrico de 249,5 cm³ flexível, que rende até 22,6 cv a 7.500 rpm e 2,2 kgfm a 6.000 rpm, bem como o câmbio de seis marchas. Para ajudar a compor o visual, a Honda CB Twister tem lanterna traseira com lâmpadas de LED no lugar das convencionais. Outro ponto interessante é que o painel do tipo “black-out” segue o estilo adotado em modelos de alta cilindrada, com ícones e números digitais.

Veja Também:  Startup cria primeiro veículo 100% elétrico a ser fabricado em série no Brasil

LEIA MAIS: Honda CG 160 chega à linha 2020 mais cara e com novos grafismos

Mais detalhes da mecânica

Honda arrow-options
Divulgação

Naked com qualidades de motos esportivas é conhecida pela mecânica simples e confiável

Enquanto isso, seja na versão CBS ou ABS, a edição especial Honda Twister SE traz freio a disco nas duas rodas. Na dianteira, um simples de 276 mm e três pistões, e atrás um de 220 mm com dois pistões. A única diferença fica por conta da pinça. Como se não bastasse, também é equipada com um conjunto de suspensão composto por duas molas, o que trouxe resultados superiores para fins de conforto, estabilidade e absorção de impactos, nos testes realizados pela Honda.

LEIA MAIS: Confira os 5 próximos lançamentos das motos 2020 mais em conta

Vale lembrar que a Honda CB 250F Twister convencional vem na cor amarela com rodas pretas — na versão ABS (R$ 15.490) — ou prata com rodas pretas, ou vermelha com rodas vermelhas na versão CBS (R$ 14.490). Mesmo que tenha aumentado R$ 1.000 em ambas as versões (ante a linha 2019), a moto é pensada para entregar custo-benefício, em uma classe acima da “irmã” CG.

Veja Também:  Toyota confirma produção de modelo eletrificado na Argentina, com base na Hilux

Fonte: IG Carros
Continue lendo

Carros

Land Rover Discovery 2020 chega ao Brasil; veja preços

Publicado

source

Motor Show

Land Rover Discovery arrow-options
Divulgação

Land Rover Discovery

A Land Rover iniciou as vendas do Discovery Sport 2020. O novo modelo chega ao mercado brasileiro com novo design, aprimoramento do interior premium, e em versões a partir de R$ 232.500,00 na motorização 2.0l P250 flex de 250 cv, além de versões com motor 2.0l D180 diesel de 180 cv.

LEIA MAIS: Polo e Virtus ficam mais completos na linha 2020; veja preços

Entre seus novos recursos, o Discovery Sport 2020 oferece a nova interface de entretenimento chamada InControl Touch Pro Infotainment. Algumas versões contam ainda com o painel de instrumentos digital de 12 polegadas e configuração de 7 lugares (opcional) com arranjo de assentos.

A nova plataforma PTA Premium Transverse Architecture (ou Arquitetura Transversal Premium) da Land Rover é outro mudança. A nova estrutura é 13% mais rígida que a antecessora, reduzindo o nível de ruído e vibração na cabine w dando mais segurança em caso de acidente.

O SUV está disponível em três versões: a S, SE e R-Dynamic SE, todas com a opção de motor P250 flex ou D180 diesel. A topo de linha, R-Dynamic SE, inclui rodas pretas, para-choques dianteiro e traseiro exclusivos e as identificações do modelo no capô e na traseira na cor Shadow Atlas.

Veja Também:  Honda CB 250F Twister SE chega às lojas em edição especial

No interior, um ar mais esportivo com os assentos em couro preto com costura contrastante, borboletas pretas no volante e soleiras exclusivas. Além disso, conta ainda com fechamento elétrico e automático do porta malas, novo sistema de Navegação Pro, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, bancos da segunda fileira com ajustes manuais, assistente de manutenção de faixa, monitor de condição do motorista.

LEIA MAIS: Confira os preços da linha 2020 da Volkswagen Amarok

O novo Discovery Sport é equipado com motores Ingenium 2.0l de 4 cilindros nas versões P250 flex e D180 diesel desenvolvidos pela Jaguar Land Rover. Ambas as motorizações acompanham o câmbio automático de 9 marchas .

Land Rover Discovery arrow-options
Divulgação

Land Rover Discovery mantém sua característica aventureira na linha 2020

No modelo 2020, o acionamento do câmbio passa do seletor rotativo para uma alavanca, com a possibilidade de seleção dos modos Normal e Sport, permitindo as trocas de marcha pela própria alavanca ou pelas borboletas atrás do volante (disponível apenas nas versões R-Dynamic SE).

Veja Também:  Dafra HD 300 é confirmado para chegar às lojas em março

LEIA MAIS: Novo Equinox 1.5 é mais equilibrado que o 2.0 Premier

Aliado a isso, o modelo conta com sistema Terrain Response 2, de série em todas as versões. Com ele, o condutor pode, não só escolher entre cinco modos de direção (Eco, Asfalto, Areia, Grama/Cascalho/Neve e Lama/Buracos) mas, também, contar com o modo Automático, que permite o veículo selecionar o modo mais apropriado para as condições, ajustando as configurações de tração e relação de marchas automaticamente, de acordo com o tipo de terreno, proporcionando o nível mais elevado de segurança e conforto.

Veja abaixo os preços e versões disponíveis do novo Discovery Sport :

VERSÕES

PREÇO

P250 Flex S

R$ 232.500,00

P250 Flex SE

R$ 249.500,00

P250 Flex R-Dynamic SE

R$ 266.985,00

D180 S

R$ 252.500,00

D180 SE

R$ 274.500,00

D180 R-Dynamic SE

R$ 291.985,00

Fonte: IG Carros
Continue lendo

Links Úteis

Rondonópolis

Policial

Política MT

Entretenimento

Mais Lidas da Semana